Home»VIDA»CARREIRA»Women Win Win para mulheres empreendedoras

Women Win Win para mulheres empreendedoras

Nova comunidade online visa fomentar a iniciativa empresarial das mulheres portuguesas

Pinterest Google+
PUB

As mulheres que queiram criar a sua própria empresa em Portugal podem agora contar com um novo aliado. O portal Women Win Win acaba de se lançado para ser a primeira comunidade online de mulheres empreendedoras.

O objetivo é centralizar num espaço a partilha de informação e conhecimento, entre as próprias associadas e especialistas ligados ao projeto, para ajudar a levar avante projetos empresariais com assinatura feminina.

As mulheres representam 52% população mundial, controlam 70% da despesa global de consumo e possuem 60 % das licenciaturas no mundo. Porém, continuam aquém dos homens, seja na gestão de empresas ou na criação de novos negócios. Por exemplo, apenas 33% das novas empresas que surgiram, em 2010, em Portugal, foram criadas por mulheres. Este valor está em linha com a média europeia e mundial. «Isto não é um número proporcional com o papel que a mulher desempenha na economia. A questão é o que é que nos retrai, o que é que nos impede de avançar mais nesta área?», questiona Maria José Amich, CEO e fundadora da comunidade Women Win Win.

Existem vários factores estudados pela Comissão Europeia que mostram vários obstáculos ao empreendedorismo feminino e que este site visa combater. Um deles é a falta de networking feminino de negócios, tendo na realidade características mais relacionais. Existe também carência de modelos de referência que sejam inspiradores. As mulheres também têm falta de auto confiança na hora de gerirem negócios, o que as retrai nos momentos em que é preciso assumir riscos. Também foram identificadas dificuldades para a promoção dos seus projectos. Junta-se a isto o papel central que a mulher ainda mantém na gestão familiar e a crise que tem fustigado bastante o universo feminino.

Tudo misturado, são ainda muitas as adversidades que as mulheres têm de enfrentar, mas que o portal Women Win Win pretende ajudar a combater: «Nós tencionamos criar a primeira rede online de mulheres empreendedoras. Queremos ser o ponto de encontro entre mulheres que trocam conhecimentos e experiências. No início, teremos fóruns em três áreas principais: jurídico/legal, marketing e contabilidade/finanças, mas queremos que depois a comunidade se auto-alimente», explica Maria José Amich.

Artigo anterior

Duas portuguesas deram a volta ao mundo

Próximo artigo

A fábrica de designers