Home»ATUALIDADE»LANÇAMENTOS»Vinho premium biológico chega ao mercado em maio de 2018

Vinho premium biológico chega ao mercado em maio de 2018

Com uvas castas Trincadeira, Aragonez e Cabernet Sauvignon, o Bio Nature quer posicionar-se em Portugal e resto da Europa como um dos principais vinhos provenientes de agricultura biológica do mercado.

Pinterest Google+

A Ervideira, produtor vitivinícola do Alentejo, anuncia o lançamento do Bio Nature – um vinho de qualidade superior criado a partir de uvas de agricultura biológica. A vindima iniciou-se na noite de 30 para 31 de agosto e prevê-se que as primeiras garrafas cheguem às prateleiras em maio de 2018.

 

As uvas, cuidadosamente escolhidas, pertencem às castas Trincadeira, Aragonez e Cabernet Sauvignon, e estiveram durante 24h em maceração a frio (8ºC) para a extração de aromas finos. Terminada a extração, é aumentada a temperatura, dando lugar à fermentação do mosto. Durante os 8 a 10 dias de fermentação, são efetuadas remontagens e um “déléstage” (processo de retirada de todo o mosto para arrefecimento, e para uma remontagem mais profunda). A temperatura de fermentação é propositadamente baixa (cerca de 20ºC), de forma a que o resultado seja o mais elegante possível.

 

red_BIONATURE (002)«Para este vinho, escolhemos uvas com um grau alcoólico de 14º, uma acidez de 5.25 e um pH de 3.6 – valores que, apesar do calor que se fez sentir este verão, apresentam características consideravelmente equilibradas. O processo, conduzido através de técnicas biológicas, prevê que o resultado seja um sabor e textura únicos», explica Duarte Leal da Costa, diretor executivo da Ervideira.

 

O vinho Bio Nature estará disponível a partir de maio do próximo ano, com um PVP de 12,5 euros, tanto em Portugal como noutros mercados, com especial enfoque nos países europeus. «Acreditamos que o Bio Nature não terá dificuldades em se posicionar entre os principais vinhos premium biológicos do mercado», conclui o porta-voz.

 

A Ervideira é uma das empresas vitivinícolas seculares em Portugal, produzindo vinho desde 1880. Actualmente possui um total de 160 hectares de vinha, distribuídos pelas sub-regiões da Vidigueira (110 ha) e Reguengos (50 ha). Entre os seus vinhos, estão marcas como Conde D’Ervideira, Invisível, Vinha D’Ervideira, Terras D’ervideira e Lusitano.

 

 

Artigo anterior

Truques para aprender uma nova língua

Próximo artigo

“Ex-fumador sem medo e mais feliz” é a nova campanha da Sociedade Portuguesa de Pneumologia