Home»ATUALIDADE»ESPECIALISTAS»Vem aí o Natal! E agora?

Vem aí o Natal! E agora?

Pinterest Google+

Pois é… vem aí as festas e com elas os convites, o jantares de Natal, a ceia com a família e todas as festividades feitas em torno da mesa! É difícil resistir e por vezes a consciência pesa ainda mais do que a balança.

 

Ainda ontem estávamos a chegar das férias de verão e já estamos a  menos de um mês do Natal. O tempo passa a correr e, de ano para ano, parece que a velocidade aumenta ainda mais… qualquer dia não precisamos de desmontar a árvore de Natal!

 

Muito apesar de sabermos que o consumo desta altura do ano é fora do normal, tanto em quantidade como em qualidade, muitas vezes digo e repito que não é o dia de Natal o responsável pelo flagelo da obesidade em Portugal e no mundo… mas sim todos os outros 364 dias do ano em que ignoramos as regras básicas de alimentação saudável que assentam na variedade, no equilíbrio e na moderação.

 

Assim sendo, antes que o momento da verdade chegue e que o estrago esteja feito, deixo algumas dicas para tentar superar os excessos, ou melhor dizendo… para minimizar o estrago desta época que antecede o dia propriamente dito em que somos convidados para os jantares da empresa, das amigas e com os familiares de quem tanto gostamos.

 

– Comece o dia um com um pequeno almoço. Saltar esta refeição para perder peso ou compensar os excessos natalícios pode ser uma estratégia que o vai destabilizar o seu apetite fazer perder o controlo sobre as tentações.

 

– Não tente restringir demasiado a sua ingestão alimentar durante o dia. Irá perder o controlo e descompensar ao final do dia, naquela hora que gosto de chamar de “hora do lobo”.

 

– Coma várias vezes ao dia para ter a certeza que nunca se senta à mesa com fome.

Artigo anterior

Um pequeno gesto, um grande sorriso

Próximo artigo

Conheça a casa móvel ecológica em forma de ovo