Home»FOTOS»VeggieWorld supera expectativas e vai voltar a Portugal

VeggieWorld supera expectativas e vai voltar a Portugal

Sem produto animal adicionado e sem ser testado em animais. A primeira edição da maior feira mundial que promove o estilo de vida vegan está a decorrer em Lisboa durante o fim de semana. Com o crescente aumento de interesse por parte dos portugueses por temas relacionados com o veganismo, as filas avolumam-se e uma nova edição está já na calha, revela a organização à MOOD.

Pinterest Google+

A decorrer no Páteo da Galé, em Lisboa, a 28 e 29 de abril, a primeira edição da maior feira mundial que promove o estilo de vida vegan vai voltar já em novembro ou, o mais tardar, em abril de 2019. Quem o garante é Hendrick Schellkes, CEO da Wellfairs, empresa detentora da marca VeggieWorld, em declarações à MOOD. Veja imagens na galeria acima.

 

Com 51 expositores nas áreas da gastronomia, moda, cultura e sustentabilidade, a primeira edição da VeggieWorlds Portugal espera 4000 visitantes durante estes dois dias. Por lá, pode encontrar marcas conhecidas como o Celeiro, a Nae Shoes ou a carrinha da Veggie Lovers e outras menos conhecidas, mas sempre respeitando as máximas veganas: sem produto animal adicionado e sem ser testado em animais.

 

Os expositores privilegiam ainda os produtos biológicos, sustentáveis e provenientes de formas de comércio mais justas. Na feira, poderá encontrar desde fruta e legumes, a produtos substitutos da carne, superalimentos e suplementos, produtos de saúde e de cosmética, roupa, calçado, produtos para a casa e até soluções de viagem e turismo para adeptos da filosofia vegan.

 

VEJA TAMBÉM: CONHEÇA MELHOR A DIETA VEGAN

 

O evento está a correr bem «com muitas caras felizes» e vai voltar a Portugal, garante Schellkes. «Vamos seguramente voltar. Estamos a considerar novembro ou o mais tardar em 2019, porque o momento é muito bom. Temos tido feedback muito positivo de empresas que não estiveram ainda nesta primeira edição – porque queriam ver como era – mas que deverão vir depois», explica o CEO.

 

O momento é o ideal, já que se vive um boom de interesse por parte da população por produtos veganos, vegetarianos e biológicos. «As pessoas estão a aderir mais a estes conceitos. Os portugueses estão a despertar para estes conceitos e isso vê-se em novos bares, lojas e restaurantes veganos que abrem pela cidade. Restaurantes normais também têm cada vez mais opções veganas. E isto vê-se também noutros países, como Espanha e Holanda, onde está a crescer rapidamente», refere Hendrick Schellkes.

 

VEJA TAMBÉM: ROTEIRO VEGAN DE NORTE A SUL

 

Para além dos expositores, os visitantes têm ainda à disposição um  programa  de  palestras,  seminários,  show  cookings  e   espetáculos,  a  decorrer  entre  as  11:00  e  as  21:00.  Assim, durante todo o fim de semana, o Pátio da Galé     é o ponto  de  encontro  entre  o  público,  os  representantes  de  produtos   e   serviços  vegan,   especialistas  e  académicos  com  afinidade  a  este  ‘universo’.

 

A VeggieWorld surgiu em 2011, em Wiesbaden, na Alemanha. Durante três anos cresceu devagar e, a partir de 2014, começou a desenvolver-se estando presente atualmente em 17 localizações de oito países: Alemanha (6), França (5), Espanha, Holanda, Bélgica, Suíça, Polónia e agora Portugal. A Alemanha e o Reino Unido estão mais maduros neste mercado, com cerca de cinco anos de avanço nesta área.

 

Artigo anterior

Húmus de beterraba: como fazer esta pasta rica em antioxidantes (vídeo)

Próximo artigo

Prefere bom sol, boas compras ou bom acesso wi-fi? Conheça os melhores destinos europeus