Home»FOTOS»Unlabeled Store: conheça a marca portuguesa que se posiciona contra rótulos

Unlabeled Store: conheça a marca portuguesa que se posiciona contra rótulos

Mariana Santiago e Rita Mestre são duas amigas de infância que desde sempre sentiram necessidade de criar algo que pertencesse a ambas e que transmitisse uma mensagem. Foi assim que surgiu este ano a Unlabeled Store, uma marca de roupa portuguesa que quer realçar a importância de viver sem rótulos.

Pinterest Google+

A luta contra os rótulos já não é recente, mas as novas gerações querem cada vez mais relembrar que não se definem pelo que fazem, pelo seu aspeto e pelos seus gostos. E a melhor forma de o fazerem poderá mesmo estar na roupa que vestem.

 

Mariana e Rita fazem parte desta geração e criaram a marca através de uma necessidade de partilharem os seus ideais: «Apesar de nenhuma trabalhar nesta área mais criativa, sentimos a necessidade de ter algo nosso. Algo criado desde raiz por nós, que pudesse transmitir uma mensagem aos outros, e assim depois de vários meses de ideias e de rascunhos surgiu a Unlabeled».

 

«De momento temos apenas camisolas com várias cores e cada uma com uma frase. Já conseguimos lançar seis cores diferentes e, com isso, seis mensagens diferentes», explicam as fundadoras. “I don’t like to be labeled” (eu não gosto de ser rotulado), “Your salary does not define you” (o teu salário não te define), “It’s ok not to be ok” (está tudo bem em não estares bem), “Pro-women isn’t anti-men” (ser a favor das mulheres não é ser contra os homens), “My body, my choices” (o meu corpo, as minhas escolhas), “Equal work, equal pay” (trabalho igual, pagamento igual) são as frases que podem encontrar.

VEJA TAMBÉM: YAO: A PLATAFORMA QUE REÚNE MARCAS PORTUGUESAS DIFERENCIADORAS

 

Em relação às cores, também estão disponíveis em preto, branco, cinzento, lilás, bege e verde água e podem ser encomendas nos tamanhos S, M e L. Todas têm corte reto, gola em elastano canelado, manga curta tubolar e são feitas com 100% de algodão semi-penteado Ringspun.

 

Para além destas características, a marca é também nacional. «As camisolas são produzidas em Portugal e estampadas também numa empresa portuguesa. Tivemos essa preocupação desde o início. Assim como as etiquetas, o packaging e tudo o que compõe o nosso produto», esclarecem.

 

No futuro, Mariana e Rita gostariam de vir a ter outros produtos da marca como tote bags e sweaters, com a mesma identidade das t-shirts, mas acreditam que tudo tem o seu tempo. «Na realidade, fazemos isto principalmente porque gostamos mesmo da nossa mensagem e porque até agora temos recebido muito bom feedback. Enquanto nos permitirem continuar com a marca, assim o faremos. Mas gostávamos de expandir além-fronteiras. Quem sabe um dia», confessam.

 

VEJA TAMBÉM: MAIOR MONTRA DE CALÇADO NACIONAL REUNIDA NUM NOVO PORTAL

 

Mais do que apenas outra marca de roupa portuguesa, a Unlabeled quer distinguir-se pela mensagem que transporta. «Nós temos como base a transmissão de uma mensagem e a desmistificação de rótulos, que infelizmente ainda existem na nossa sociedade. Logo, não se trata apenas de uma simples camisola, mas sim de uma mensagem que se quer fazer ouvir».

 

Os produtos da marca podem ser encomendados através da página de Instagram ou através da hashtag #unlabelyourself, um movimento criado pelas fundadoras na rede social, a que várias pessoas já aderiram.

 

Se há forma eficaz de dar a conhecer uma posição é deixar que aquilo que vestimos, fale por nós, neste caso, a marca de Mariana Santiago e Rita Mestre é o caminho certo.

Artigo anterior

Não é só o leite. Conheça os alimentos mais ricos em cálcio

Próximo artigo

Chyawanprash: o tónico ayurvédico para uma vida longa