Home»BEM-ESTAR»CORPO»Uma receita de números – os cinco sentidos

Uma receita de números – os cinco sentidos

Somos geridos pelos cinco sentidos e estes pelos milhões de informações contidas no cérebro, o qual armazena mais informação que todas as bibliotecas do mundo.

Pinterest Google+

Os números são usados desde a antiguidade como uma forma de fazer cálculos, mas, na realidade, eles são a forma mais realista de usarmos o poder do nosso cérebro. Os números modificam-se em função da justaposição dos sete dias da semana e dos doze meses do ano, numa sequência de fases, onde os filósofos e cientista do tempo explicam que «… o magistério tem como princípio, um, quatro, três, dois, um…» (Dom Pernety).

 

De acordo com as ideias de Pitágoras, o Universo, deve ser visto e compreendido como um todo harmonioso, onde tudo emite um som ou uma vibração e obedece a uma ordem criada pelos números. O nosso cérebro realiza cerca de 100 mil operações por segundo e pode recolher cerca de 100 triliões de bits de informação.

 

A cada segundo de tempo, o nosso cérebro, recebe 100 milhões de mensagens enviadas do sistema nervoso, mas apenas algumas delas são capazes de produzir uma resposta. Isto acontece porque, na maior parte do tempo, estamos a desperdiçar o poder da nossa memória e da nossa mente. Se somarmos todos os estímulos que passam pelo nosso cérebro, enviados pelos cinco sentidos, estaremos a gerar cerca de onze milhões de bits de forma inconsciente, apenas processando cerca de dezasseis bits. Isto significa que não treinamos adequadamente os cinco sentidos.

 

Os cinco sentidos, de acordo com informações históricas, são: visão, paladar, olfato, audição e tato. Mas a ciência reconhece como sentidos outras quinze sensações internas; calor, frio, fome, sede, fadiga etc. Ao abordar esta informação, tenho apenas como intenção desenvolver em cada um dos meus leitores a vontade e o despertar dos sentidos.

Artigo anterior

Nicole Gil: «Os cães têm muito em comum connosco»

Próximo artigo

Associação Turismo de Lisboa quer novo centro de congressos na capital para iniciativas de grande dimensão