Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Um terço das mulheres nunca teve um orgasmo

Um terço das mulheres nunca teve um orgasmo

Por altura do Dia Mundial do Orgasmo, celebrado a 31 de julho, uma educadora sexual deixa conselhos de como atingir o clímax.

Pinterest Google+
PUB

Um terço das mulheres nunca experimentou na vida a sensação de ter um orgasmo, segundo revela Aline Castelo Branco, educadora sexual, por ocasião do Dia Mundial do Orgasmo, celebrado a 31 de julho. Falta de conhecimento do próprio corpo e vergonha de falar com o parceiro são alguns das razões apontadas.

 

Quem não gostaria de ter um orgasmo tão bom, mas tão bom, que poderia ser considerado perfeito? Será que existe? A resposta é sim, segundo a Educadora Sexual Aline Castelo Branco, para quem existem dois tipos diferentes de estímulos que acontecem em simultâneo: o vaginal e o clitoriano.

 

Veja também: Verão escaldante: segredos para alcançar o orgasmo

 

Segundo explica a especialista, “o vaginal consiste no estímulo do ponto de maior sensibilidade, localizado dentro da vagina e conhecido como Ponto G. O segundo é resultado de carícias no clitóris, localizado na parte externa da vagina. Esse orgasmo perfeito proporciona sensações mais intensas e contínuas se não for atingido separadamente”.

 

A mulher demora em média 20 minutos a atingir o orgasmo e essa sensação dura cerca de 3 segundos. No caso dos homens, um pouco mais, 12 segundos. A Educadora sublinha que, segundo as pesquisas realizadas, um terço das mulheres nunca experimentou na vida a sensação de ter um orgasmo.

 

Veja também: Como melhorar a sexualidade: 10 dicas sempre em dia

 

“A falta de conhecimento do próprio corpo e a vergonha de pedir ao parceiro para que estimule o ponto certo são alguns dos problemas que interferem na procura do orgasmo perfeito. Prova disso é o facto de 86% das mulheres lésbicas conseguirem alcançar orgasmos quando têm intimidade sexual contra apenas 65% das mulheres heterossexuais”, refere Aline.

 

Apesar de reconhecer a importância do prazer físico, para a Educadora Sexual o orgasmo é muito mais do que isso: “O prazer está bem muito mais na cabeça do que diretamente nos estímulos dos órgãos genitais, mas é importante saber que a principal zona de sensibilidade da mulher é o clitóris. O orgasmo parte desse órgão. Para que a mulher consiga atingir o orgasmo perfeito, tem que ter estímulo simultâneo, com penetração e masturbação”.

 

A educadora sexual deixa algumas dicas de como atingir o orgasmo perfeito:

1. Comece com um clima romântico

2. Recorra a beijos profundos

3. Estimule a região genital com masturbação

4. Aproveite o sexo oral

Artigo anterior

É por respeito ou por medo?

Próximo artigo

Sports Illustrated lança linha própria de biquínis e inclui tamanhos plus-size