Home»ATUALIDADE»ESPECIALISTAS»Tratamento ortodôntico com alinhadores transparentes

Tratamento ortodôntico com alinhadores transparentes

A ortodontia sofreu grandes evoluções com mudanças significativas nos aparelhos ortodônticos nos últimos anos, muito em parte devido à necessidade crescente de se tornarem cada vez mais estéticos.

Pinterest Google+

O tratamento ortodôntico com alinhadores tem sido bastante divulgado e cada vez mais procurado por pacientes adultos e adolescentes, embora também possa ser utilizado em crianças.

 

Apresenta várias vantagens como a estética (são constituídos por “moldeiras” fabricadas num material termoplástico transparente de qualidade médica), a facilidade de uso (o próprio paciente consegue colocar e retirar com bastante rapidez e de forma cómoda), uma melhor higiene (uma vez que o paciente faz a escovagem e o uso do fio dentário sem o aparelho colocado). Também os hábitos alimentares não sofrem alteração visto que o aparelho é retirado aquando das refeições.

 

VEJA TAMBÉM: TIPOS DE APARELHOS ORTODÔNTICOS

 

Teoricamente deverá ser usado 22 horas por dia apenas sendo removido para as refeições e higiene oral. Alguns estudos têm demostrado vantagem no uso destes alinhadores em pacientes com histórico de hábitos parafuncionais, mostrando que houve uma diminuição do desconforto miofascial.

 

É também uma opção diferenciada, permitindo ao paciente a visualização do seu planeamento através de software 3D. Assim, o paciente consegue ver desde o início toda a evolução do seu caso até ao momento final. Este tipo de aparelhos pode ser bastante eficaz na correção das mordidas profundas e também podem ser combinados com outro tipo de aparatologia, aumentando o seu leque de indicações de tratamento.

 

Também é uma boa opção em casos de apinhamentos ou espaçamentos entre os dentes, no entanto, a decisão de qual o melhor tipo de aparelho para cada caso em concreto deverá ser do médico dentista.

 

VEJA TAMBÉM: IMPLANTES DENTÁRIOS: A OPÇÃO MAIS SEMELHANTE AOS DENTES NATURAIS

 

Por ser um aparelho removível, uma das principais desvantagens poderá ser a falta de colaboração por parte do paciente. Também em termos financeiros não é a opção mais económica comparativamente com a aparatologia fixa convencional.

 

Estes alinhadores funcionam movendo os dentes através de movimentos precisos e controlados aplicados a cada um dos alinhadores. Cada caso é único e intransmissível. Para cada paciente é feita uma sequência de alinhadores que serão trocados, normalmente, a cada sete dias. Cada alinhador terá a informação para um novo movimento nos dentes e é a utilização consciente desta sequência que irá fazer a correção dentária.

 

Quando o tratamento estiver completo, o paciente passará à fase de contenção. Como em qualquer outro tratamento ortodôntico com outro tipo de aparatologia, pressupõe sempre esta fase. O médico dentista poderá optar por aparelhos de contenção removíveis ou fixos, os primeiros normalmente de uso noturno apenas e por um período estipulado por ele.

 

 

Artigo anterior

Portugal: Meninos com maior probabilidade de apresentar sinais depressivos do que meninas

Próximo artigo

Como guardar roupa entre estações (está na altura das trocas)