Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Tratamento com estimulação cerebral pode ajudar a vencer a anorexia

Tratamento com estimulação cerebral pode ajudar a vencer a anorexia

Mais de 20% dos doentes com anorexia morrem prematuramente devido à doença, segundo um dos autores do estudo.

Pinterest Google+
PUB

Um grupo de investigadores britânicos avaliou vários pacientes com anorexia, antes e após serem submetidos a repetitivas estimulações transcranianas (EMT), um tratamento aprovado para a depressão, e os resultados garantem que a estimulação cerebral pode facilitar os principais sintomas de transtorno da anorexia nervosa. O estudo foi publicado no jornal ‘Plos One’.

 

O tratamento proporciona impulsos magnéticos em áreas específicas do cérebro. O paciente que experiencia o tratamento sente como se alguém lhe desse um toque suave no lado da cabeça, explicou Jessica McClelland, líder do estudo, ao site ‘Health’.

 

Veja a galeria: Coma ‘sem pensar’ e perca peso

 

 

«Descobrimos que uma sessão de estimulação cerebral pode reduzir o desejo de restringir a ingestão de alimentos, os níveis de sensação de satisfação [cheio] e os níveis de sensação de gordura, bem como incentivar a tomada de decisão mais prudente». Os resultados dos testes sugerem que a estimulação cerebral pode reduzir os sintomas da anorexia e melhorar o controlo cognitivo sobre os recursos compulsivos da doença.

 

 

Segundo Ulrije Schmidt, um dos autores do estudo, pensa-se que a anorexia nervosa pode afetar até 4% das mulheres durante a sua vida. «Com o aumento da duração da doença, a anorexia fica entranhada no cérebro e torna-se cada vez mais difícil de se tratar. Os nossos resultados sugerem o potencial de novos tratamentos direcionados ao cérebro para a anorexia e que são desesperadamente necessários».

 

Devido aos resultados tão promissores alcançados, os investigadores encontram-se a testar a estimulação do cérebro para verificar se este oferece benefícios, a longo prazo, às pessoas com anorexia nervosa.

 

Artigo anterior

Kim Kardashian e Emily Ratajkowski nuas nas redes sociais

Próximo artigo

Fazer dieta já não é o que era!