Home»BEM-ESTAR»NUTRIÇÃO»Ter diabetes no Natal: uma nutricionista explica os cuidados a ter

Ter diabetes no Natal: uma nutricionista explica os cuidados a ter

O Observatório Nacional da Diabetes estima que em Portugal a percentagem dos que vivem com diabetes já atingiu os 13,6%. Conversámos com uma nutricionista, ela própria com diabetes, para que saiba quais os cuidados a ter nestas festividades.

Pinterest Google+
PUB

Entre as refeições, aconselha a nutricionista, pode optar por comer frutos secos, numa quantidade que não exceda o tamanho da palma da mão. Relativamente às bebidas, aconselha-se a exclusão de bebidas alcoólicas e optar por água ou chá para acompanhar as refeições.

 

«Em segundo lugar, pode ser benéfico ajustar a medicação e praticar algum exercício físico. Para quem realiza o tratamento da sua diabetes com insulina (normalmente pessoas com diabetes tipo 1), estas pessoas devem falar com o seu médico sobre o possível aumento da quantidade de insulina que faz às refeições para fazer face ao aumento dos hidratos de carbono consumidos», elucida Jenifer Duarte à Mood. «Aconselho igualmente uma caminhada de 30 minutos nos dias em que a alimentação seja menos saudável, o que pode ajudar a manter a glicemia e o peso controlados».

 

VEJA TAMBÉM: COMO PRESERVAR A LINHA NAS FESTIVIDADES DE NATAL

 

Uma vez que existem vários tipos de diabetes e cada um se traduz no corpo humano de diferente forma, há, ainda assim, uma componente que deve estar presente na vida de todas as pessoas que pretendam, de alguma forma, tentar prevenir a doença – o exercício físico. No caso da diabetes tipo 2, uma condição muitas vezes associada a quadros de excesso de peso ou obesidade e estilos de vida pouco saudáveis, a prática de exercício pode ser uma boa aliada. Por outro lado, a diabetes tipo 1 trata-se de uma condição autoimune e não é prevenível.

 

«A prática de exercício físico ajuda a controlar o peso e por isso mesmo ajuda à prevenção da diabetes tipo 2», garante a nutricionista Jenifer Duarte, voluntária na Associação de Jovens Diabéticos de Portugal. «Para além disso, praticar desporto é essencial para controlar a glicemia de quem já tem diabetes e irá levar a que se tenha uma vida mais saudável e com menos complicações de saúde».

 

Artigo anterior

Alimentos que podem suscitar dores de cabeça

Próximo artigo

Recomposição corporal: como perder gordura e ganhar músculo ao mesmo tempo