Home»BEM-ESTAR»CORPO»Tecnologia que se usa, treino em grupo e HIIT: As tendências de fitness para 2019

Tecnologia que se usa, treino em grupo e HIIT: As tendências de fitness para 2019

Desde 2006 que o Colégio Americano de Medicina Desportiva anuncia as principais tendências de fitness para o novo ano. Questiona profissionais de vários países de vários pontos do globo para mostra o pulsar do mundo na área do exercício físico. Conheça as 20 tendências que atravessam o globo neste novo ano.

Pinterest Google+

Profissionais da área do fitness da Alemanha, Austrália, Canadá, China, Estados Unidos da América, França, Japão, Índia, Itália, Reino Unido, Rússia, Singapura e Taiwan responderam, uma vez mais, ao desafio do Colégio Americano de Medicina Desportiva, para identificarem as tendências de fitness para 2019. Juntos conseguem traçar o pulsar do mundo no campo do fitness.

 

O top 3 do ano passado mantém-se, mas agora em diferentes posições. Tecnologia wearable, aulas de grupo e treino intervalado de alta intensidade (HIIT) são, em 2019, o top das tendências de fitness. Conheça as 20 tendências descritas abaixo ou um resumo na galeria acima.

 

Esta pesquisa de tendências ajuda a orientar os esforços de programação de treinos e programas na área do fitness no novo ano. A primeira pesquisa, realizada em 2016 com previsões para 2007, introduziu uma forma sistemática de prever tendências de saúde e condicionamento físico. Como esta é uma pesquisa de tendências, os entrevistados são convidados a fazer primeiro a distinção entre uma “moda passageira” e uma “tendência”. É por isso que muitas se mantém na tabela, mas mudam de posição ao longo dos anos.

 

VEJA TAMBÉM: DE VOLTA AO GINÁSIO: 10 ALIMENTOS PARA GANHAR MÚSCULO E PERDER GORDURA

 

Para a pesquisa de 2019, havia 39 tendências possíveis. As 25 principais tendências dos anos anteriores foram incluídas na pesquisa, assim como algumas tendências potencialmente emergentes que foram identificadas. Novas tendências que entraram no top 20 são, por exemplo, programas de promoção de saúde no local de trabalho e programas de bem-estar no local de trabalho. Conheça de seguida as 20 tendências.

 

1 – Tecnologia ‘para vestir’. A tecnologia wearable inclui rastreadores de fitness, relógios inteligentes, monitores de frequência cardíaca e dispositivos de rastreamento por GPS. Esses dispositivos podem rastrear frequência cardíaca, calorias, tempo sentado e muito mais. A tecnologia wearable apareceu pela primeira vez como uma tendência de fitness em 2016. Foi a tendência número 1 em 2016 e 2017, antes de cair para o terceiro lugar em 2018. Volta ao primeiro lugar.

 

2 – Treino em grupo. Os instrutores de exercício em grupo ensinam, lideram e motivam os indivíduos através de aulas de movimento em grupo intencionalmente planeadas. As aulas em grupo são projetadas para serem sessões motivacionais e eficazes para diferentes níveis de condicionamento físico, com instrutores que possuem técnicas de liderança que ajudam indivíduos a atingir metas de condicionamento físico. Existem muitos tipos de classes e equipamentos, desde aulas de cardio e de ciclismo indoor a aulas de dança e de step. Para a pesquisa de 2019, a descrição dessa tendência foi alterada de treino em grandes grupos para treino em grupo. Os programas de treino em grupo já existem há muito tempo e têm aparecido como uma tendência mundial em potencial desde que a pesquisa foi originalmente construída. No entanto, foi apenas em 2017 que o treino em grupo se classificou entre as 20 tendências, aparecendo 2º lugar na pesquisa de 2018.

 

VEJA TAMBÉM: QUER SER MAIS FELIZ? A CIÊNCIA AFIRMA QUE A FÓRMULA ESTÁ NO EXERCÍCIO FÍSICO

 

3 – Treino Intervalado de Alta Intensidade (HIIT). Estes programas de exercícios normalmente envolvem episódios curtos de exercícios de alta intensidade, seguidos por um curto período de descanso. Embora existam vários exemplos comerciais de HIIT, todos enfatizam intensidades mais altas (acima de 90%) do máximo durante os segmentos de maior intensidade, seguidos por períodos de descanso e recuperação. O HIIT foi o número 1 na pesquisa de 2014 e 2018 e está no top cinco todos os anos desde 2014. Apesar das advertências de alguns profissionais de para mais riscos de lesões do HIIT, esta forma de exercício é popular em ginásios de todo o mundo.

 

4 – Programas de fitness para seniores. Esta é uma tendência que enfatiza e atende às necessidades das gerações mais velhas. Estes indivíduos em geral têm mais dinheiro do que os mais jovens, e os clubes podem aproveitar esse mercado em crescimento. As pessoas estão a viver mais, a trabalhar durante mais tempo e a permanecer saudáveis ​​e ativas por muito mais tempo. No ano passado, os programas de fitness para adultos mais velhos foram a tendência 9.

 

5 – Treino de peso corporal. Uma combinação de treino de peso corporal de resistência variável e movimentos neuromotores usando vários planos de movimento. Este programa é sobre o uso do peso corporal como modalidade de treino. O treino com peso corporal geralmente usa pouco equipamento, o que o torna uma maneira funcional e barata de se exercitar de forma eficaz. O treino com peso corporal apareceu pela primeira vez na pesquisa de tendências em 2013 (na posição 3) e ficou na segunda posição em 2017 e na quarta posição em 2018.

Artigo anterior

Informação sobre calorias nas embalagens ajuda a repensar escolhas alimentares

Próximo artigo

Comer peixe cru pode ser arriscado, alerta nutricionista