Home»VIDA»CARREIRA»Talento jovem: dicas para entrar no mercado de trabalho

Talento jovem: dicas para entrar no mercado de trabalho

Descubra algumas estratégias que ajudam os jovens a encontrar o primeiro emprego.

Pinterest Google+
PUB

Entrar no mercado de trabalho pela primeira vez pode ser um processo desafiante pela falta de experiência, a elevada competitividade – existem demasiados candidatos qualificados para um número limitado de vagas -, ou pelos processos de seleção cada vez mais criteriosos.

 

A plataforma Alerta Emprego deixa algumas dicas que podem ajudar o talento jovem a destacar-se no mercado.

 

VEJA TAMBÉM: EMPREGO JOVEM: AS SOFT SKILLS MAIS VALORIZADAS PELOS EMPREGADORES

 

Ter um currículo completo

O currículo é o primeiro contacto que as empresas têm com os candidatos. Deste modo, os jovens devem ter um CV claro e objetivo, que dê destaque às suas competências, talentos e experiências relevantes para a vaga em questão. O documento deve, por isso, estar atualizado e direcionado para cada vaga e empresa, já que uma boa apresentação aumenta as oportunidades de entrevista.

 

Marcar presença em feiras de emprego

Marcar presença em feiras de emprego presenciais e online pode ser uma boa oportunidade para encontrar a primeira experiência profissional, uma vez que, nestes eventos, estão inúmeras empresas e recrutadores com vagas em aberto.

 

Investir em formação

Desde o início de carreira, investir em cursos e formações que possam apoiar o desenvolvimento de competências e conhecimentos é sempre um bom plano. Perante um perfil formado e com diversos conhecimentos torna-se mais competitivo no mercado de trabalho.

 

Alargar a rede de contactos

Conhecer pessoas e ampliar a rede de contactos profissionais é essencial para conseguir boas oportunidades de trabalho. Para tal, é fulcral ir a eventos, reuniões e feiras da área de interesse e fazer uma aproximação a pessoas que possam ser importantes no processo de entrada no mercado de trabalho (recrutadores, departamento de recursos humanos, etc.).

Ser proativo

Proatividade é uma competência muito importante e desejada pelas empresas. Assim, enviar currículos e candidaturas espontâneas, participar em processos de recrutamento e acompanhar oportunidades de emprego em sites e nas redes sociais das organizações, mostrará interesse em conhecer as empresas e em mostrar potencial.

 

Estar disponível a novas experiências

Nem sempre as primeiras experiências de trabalho são exatamente o esperado, mas podem ser excelentes oportunidades para adquirir experiência e desenvolver competências. É por isso importante estar disponível para receber novos desafios, que podem eventualmente abrir portas para futuras oportunidades.

 

Ser perseverante

Nem sempre é fácil o processo de enviar currículos, contudo, é importante não desistir. A procura de emprego pode ser longa e cansativa e por isso é fundamental ser perseverante, manter o foco nos objetivos e não deixar de procurar novas oportunidades. A persistência é a chave para o sucesso.

 

 

Artigo anterior

Previsões astrológicas para o mês de abril de 2024

Próximo artigo

Cinco locais para fazer turismo rural em Portugal