Vera de Melo – Psicologia

Psicóloga clínica. Escreve quinzenalmente à quinta-feira.

É no futebol, na vida, no mundo laboral. Os mais fortes emocionalmente são os que enfrentam de forma mais estruturada as dificuldades, encaram com esperança as adversidades e atingem sucesso. Descubra quem é Bruno Miguel da Silva Nascimento e se partilha algumas das suas características. Por Vera de Melo.

Pela sétima vez a cor do ano é azul, mas é a primeira experiência multisensonsorial e só por isso já fez história! Pela sétima vez, é escolhido um tom azul, assim foi em 2000, 2003, 2005, 2008, 2010, 2016 e em 2020. Por Vera de Melo.

Brindar às intenções de ano novo e comer as célebres passas é um ritual que afasta angústias, teoricamente renova a esperança no amanhã, mas, infelizmente, nada muda. Mudar só depende mesmo de si e da sua vontade, por isso, este ano proponho-lhe entrar em 2020 com o pé esquerdo. Por Vera de Melo.

Por vezes, a saudade pode ser de tal forma profunda que leva à síndrome de Ulisses, uma alusão a Ulisses que no regresso a casa teve de enfrentar a solidão, o medo e a tristeza ao naufragar e ficar preso durante anos numa ilha. Por Vera de Melo.

O Natal está à porta… há muito que acabou o tempo em que as crianças colocavam o sapatinho na chaminé e esperavam ansiosamente uma pequena lembrança. Por Vera de Melo.

Nunca se escreveu tanto, nunca tanto se brincou e nunca tanto se comentou como nos últimos dias acerca deste homem. Provavelmente um dos homens mais caricaturados em Portugal, de personalidade vincada, dotado de um estilo único. Falamos obviamente de Jorge Jesus, o homem que num fim de semana mudou a vida dos brasileiros, no geral, e do Flamengo, em...

Quando os líderes se focam nas qualidades dos colaboradores, estes deixam de estar preocupados com aquilo que os outros pensam que deviam ser e tornam-se na melhor versão do que realmente são. Por Vera de Melo.

Apelido-o assim porque o único talento que possui é esconder-se atrás de um ecrã. Virtualmente tudo fica mais fácil e à sua maneira, muito à sua maneira, acha que salva o mundo. No entanto, não passa de um verdadeiro cobarde. Diz e tece comentários que nunca seria capaz de fazer presencialmente. Por Vera de Melo.

Passam horas em casa a idealizar os amores perfeitos, o que dizer, o que fazer, mas num ápice tudo muda e o príncipe/princesa passa a um “monstro” temido. Pr Vera de Melo.

Nesta altura da minha vida agradeço não ter um chefe, corria o risco de ser um idiota… esforço-me para também eu não me tornar idiota… Por Vera de Melo.