Paula Mouta – naturopatia

Naturopata. Escreve quinzenalmente à segunda-feira.
Há mar, amar e amor… No estado líquido

A água cura, limpa, hidrata, alimenta, regenera e permite que todas as funções do nosso corpo se cumpram de forma eficiente e eficaz. Por Paula Mouta.
Contigo na cama

Quando tocamos noutra pessoa, comunicamos a um nível muito íntimo, pois fundimos os nossos campos eletromagnéticos, os quais alteram a carga dos iões negativos e é essa mudança que provoca o estado de bem-estar. Por Paula Mouta.
Um médico na cozinha…

Os alimentos são uma fonte de juventude permanente, basta sabermos beber dessa fonte com sabedoria e responsabilidade. Por Paula Mouta.
Foto: Cedu Sousa

O alimento dos maias e aztecas é um aliado que pode ser consumido com sabedoria. Por Paula Mouta.
Foto: Cedu Sousa

Qualquer obra necessita de matéria-prima, de energia e de princípios. Por Paula Mouta.
Sexo e amor com maturidade

O sexo é algo que, mesmo na maturidade, pode ser gratificante e ativo, o que leva a uma maior qualidade de vida. Por Paula Mouta.
Pele negra: renovação da pele a partir de dentro

A pele negra é mais resistente à passagem do tempo, menos propensa a rugas, estrias e flacidez, porque, na sua formação há mais produção de melatonina. Por Paula Mouta.
O laboratório da felicidade

Cândida Albicans, uma trabalhadora gulosa e indesejada. Esta senhora levedura (bactéria) é uma parte normal da flora dos nossos intestinos e vive em nós de forma equilibrada enquanto estamos saudáveis. Por Paula Mouta.
Grelina: o nome da fome é feminino e só trabalha de noite

O seu equilíbrio depende da produção da melatonina e do estado de saúde do nosso laboratório da felicidade, o intestino. Por Paula Mouta.
E se a borboleta adoece?

A borboleta que nos controla o ritmo do metabolismo chama-se glândula tiroide e tem um formato parecido com as asas abertas de uma borboleta. Por Paula Mouta.