Michele Pó – Ayurveda

Terapeuta de Ayurveda. Leciona Medicina Ayurvédica no Instituto de Medicina Tradicional e Svasthvrtta e Dietética e Nutrição Ayurvédica no IPTO – Associação de Práticas e Terapêuticas Orientais. Escreve quinzenalmente à terça-feira.
cravinho da índia

O cravinho da Índia, também chamado de Lavang em Ayurveda, é mais comummente conhecido pelo seu aroma como tempero culinário e pela sua presença em infusões de ervas. No entanto, esta aromática e saborosa especiaria contém um grande potencial terapêutico e tem sido tradicionalmente usada por milhares de anos no tratamento da tosse, constipações, náuseas, febre, infeções, toxicidade em...

Muitas culturas no mundo inteiro incluem os quatro elementos nas suas tradições filosóficas, religiosas ou mitológicas. A maioria dessas tradições postula uma energia primária, que então se manifesta como quatro correntes de energia, as quais têm sido denominadas de Prana, Força Vital, Chi, Ki. Os elementos são então construtores invisíveis das estruturas de vida, compostos de uma vibração própria,...

As alergias tornaram-se cada vez mais comuns. Fisicamente são desequilíbrios que podem surgir subitamente, variando a sua resposta entre uma sensação ligeiramente desconfortável e uma reação que pode ser fatal. Embora as reações alérgicas geralmente ocorram repentina e agudamente, a ayurveda ajuda a revelar a forma como a tendência para uma reação se agrava no corpo. Conheça ainda ervas...

A pele é um importante órgão de assimilação e na medicina ayurvédica é enfatizado o seu potencial de absorção, sendo recomendado que apenas coloquemos sobre a pele algo que possamos ingerir. Conheça vários óleos naturais que pode aplicar na pele e os benefícios que trazem ao organismo. Por Michele Pó.

O nosso corpo é profundamente atmosférico, refletindo todas as mudanças que se vão operando na natureza. Na primavera, a temperatura começa a subir ligeiramente, a neve derrete-se, os rios começam a fluir, as flores brotam e florescem, e toda a vida adormecida no inverno desperta, dando lugar à cor, ao brilho, à alegria, aos sons da natureza. E o...

Encontrar o equilíbrio na digestão é um dos grandes propósitos preventivos na Ayurveda. A nossa capacidade digestiva envolve muito mais que a nossa capacidade de digerir e assimilar nutrientes. Por Michele Pó.

Na Ayurveda, as nossas características e constituições inatas expressam-se também através do nosso corpo, e o mesmo é verdade para a pele. Quem vê caras não vê corações, contudo, pode apreciar a vitalidade do corpo através da observação de alguns sinais, e de determinadas zonas do rosto que revelam informação relevante sobre a saúde de órgãos específicos. Por Michele Pó.

A palavra mudra é derivada da palavra sânscrita “mudh”, que significa cadeado ou selo. As mudras são gestos manuais sistemáticos. De forma mais profunda, são os circuitos elétricos fechados dos canais subtis dos corpos físico e etérico. Por Michele Pó.

Longevidade. A palavra longevidade reporta-nos ao tempo que temos ainda para caminhar e aprender na Terra. Na Ayurveda, os cuidados para a longevidade estão intrínsecos ao conceito de qualidade de vida e de prevenção, e estão presentes desde que nascemos neste mundo. Por Michele Pó.

O toque é desde tempos imemoriais a forma mais simples e profunda de serenar, acalmar e apaziguar a agitação do quotidiano, tendo uma função enraizante. No contexto da medicina ayurvédica, o maior número de desequilíbrios surge pelo desajuste do Vata (Ar e Éter) no corpo. Todas as nossas experiências físicas, emocionais, mentais, espirituais produzem memória, consciente ou inconsciente, que...