José Cunha – Ginecologia

Médico especialista em Ginecologia e Obstetrícia.

Estima-se que entre 50% a 55% das mulheres em Portugal têm excesso de peso ou são obesas. Esta condição traz impactos negativos à fertilidade e à própria gravidez. Veja os problemas que a obesidade pode causar na fertilidade e os benefícios de perder peso. POr José Cunha.

A endometriose é uma doença que se define pela presença do endométrio – tecido que reveste o interior do útero – fora da cavidade uterina, ou seja, em outros órgãos da cavidade pélvica: ovários, trompas, bexiga e intestinos. Por José Cunha.

A endometriose é uma doença que se define pela presença do endométrio – tecido que reveste o interior do útero – fora da cavidade uterina, ou seja, em outros órgãos da cavidade pélvica: ovários, trompas, bexiga e intestinos. Por José Cunha.

Estima-se que uma mulher tem oportunidade de ovular e engravidar cerca de 400 vezes. A idade é, por isso, o fator predominante para o sucesso da gravidez. Por José Cunha.

As principais características que distinguem a mulher do homem são devidas aos estrogénios. A sua falta causa inúmeros distúrbios à saúde e bem-estar da mulher. Por José Cunha.

A obesidade é um problema comum entre as mulheres na idade reprodutiva, estimando-se que entre 50% a 55% das mulheres em Portugal têm excesso de peso ou são obesas. Esta condição traz impactos negativos à fertilidade e à própria gravidez. Por José Cunha.

É diferente ter 40 anos, ser saudável e não ter excesso de peso, do que ser obesa, fumadora e ter doenças associadas, revela o gineciologista José Cunha.

O seu médico após avaliar a sua situação de infertilidade aconselhou-a a realizar uma fertilização in vitro (FIV). Desde a escolha do centro onde realizar a intervenção, aos risco e preços, eis o que deve saber. Por José Cunha.

As técnicas de procriação medicamente assistida são responsáveis pelo nascimento de 1% a 2% das crianças no mundo desenvolvido. (Parte 2). Por José Cunha.

Cerca de 1% a 2% das crianças no mundo desenvolvido nascem como resultado de técnicas de procriação medicamente assistida (PMA). Assim é fundamental que avaliemos o seu desenvolvimento físico e emocional/psicológico. Por José Cunha.