José Cunha – Ginecologia

Médico especialista em Ginecologia e Obstetrícia.

Esta doença sexualmente transmissível causada por determinadas estirpes do vírus do papiloma humano (HPV) afeta ambos os sexos, mas nas mulheres as complicações são mais frequentes. São especialmente perigosos para as mulheres porque alguns tipos de HPV também podem causar cancro do colo do útero e da vulva. Por José Cunha.

Vários estudos apontam para melhorias em diversas áreas da saúde feminina. Saiba quais são. Por José Cunha.

Muito se discute sobre a idade materna ideal para ter filhos. No entanto, quando o assunto está relacionado com a idade paterna, pouco se fala. Por José Cunha.

A higiene íntima feminina deve ser diferente tendo em conta vários fatores, tais como a idade, a fase do ciclo menstrual em que a mulher se encontra ou se acabou de praticar atividade física. Por José Cunha.

Não obstante as crianças sofrerem mais com o sarampo, os adultos também podem ser contagiados por este vírus e na gravidez esta doença pode ser particularmente grave, implicando riscos para a gestante e para o feto. Por José Cunha.

Cerca de um quarto das mulheres em idade fértil terá sinais detetáveis no exame clínico ou na ecografia pélvica, embora nem todas tenham sintomas. Por José Cunha.

No último trimestre da gravidez é bastante frequente a colonização do aparelho genital inferior pela Candida Albicans, podendo acontecer, por vezes, por mecanismos ainda não perfeitamente determinados, uma contaminação intrauterina, que pode originar um aborto espontâneo ou um parto prematuro. Por José Cunha.

Nas últimas décadas, tem-se verificado um crescente adiar da paternidade pelas mais variadas razões. A questão do risco de malformações tem que ser levada em linha de conta, mas não pode ser o principal fator na hora de escolher quando se quer ser pai. Por José Cunha.

Por definição, um quisto mamário é uma pequena coleção líquida ou semilíquida envolta por uma fina membrana de tecido que fica localizada dentro da mama. Afeta quase 40% das mulheres entre os 35 e os 50 anos, mas a maioria não necessita de tratamento. Por José Cunha.

Vários fatores podem interferir com o bem-estar genital feminino. A atividade sexual, vestuário, estado hormonal e emocional, tipo de alimentação e hábitos de higiene são fatores reconhecidos como importantes para o bem-estar e, em certas situações, causar várias alterações nos genitais. Por José Cunha.