Catarina Monteiro – Sustentabilidade

Licenciada em Biotecnologia. Escreve sobre biotecnologia e sustentabilidade.

Segundo a ONU, o planeta Terra já alcançou o marco dos 7,6 mil milhões de habitantes. E, apesar da quebra da taxa de natalidade, a população mundial continua a crescer. Prevê-se que em 2050 o número total de habitantes alcance os 9,6 mil milhões. A questão que se coloca é: como se alimenta uma população em crescimento?

O Natal é uma época de festa, de alegria e carinho. No entanto, como sabemos, é também uma altura de grande consumo e desperdício alimentar. E para atenuar essa realidade, que tal ajudar a contribuir para uma Ceia de Natal sustentável? De seguida, fique a conhecer algumas dicas práticas de como tornar a sua ceia mais amiga do ambiente...

Há muito que as fraldas de pano deixaram de ser uma opção de uso na primeira fase de vida dos bebés. Foram abandonadas pelos pais, devido à falta de praticidade e desconforto. Mas será que tem de continuar a ser assim? O que é mais sustentável, as fraldas de pano ou as fraldas descartáveis? Por Catarina Monteiro.

Tem traças em casa? Livre-se delas de forma eficiente, ecológica e económica. Por Catarina Monteiro.

Apesar da alta eficiência dos produtos de limpeza, deve ter cuidado com a exposição a estas substâncias tóxicas. São tóxicos e fabricados a partir de derivados de petróleo não renováveis. Vamos perceber mais. Por Catarina Monteiro.

Já experimentou? Comer insetos, para um ocidental, pode não parecer um prato encantador e apetitoso, no entanto, acredite, é uma grande tendência a nível alimentar. Os insetos revelam valor nutricional relevante e uma fonte valiosa de proteína alternativa. Conheça os seus benefícios e quais as espécies de insetos envolvidas. Por Catarina Monteiro.

Os oceanos constituem um habitat incrível para inúmeras espécies de animais, no entanto, estudos têm mostram que muitos deles acabam por morrer por envenenamento ou subnutrição. Por Catarina Monteiro.

O tema ‘plásticos’ está, sem dúvida, em grande destaque na atualidade. Embora tenha sido objeto de grande negligência durante muitos anos, está finalmente a ter a importância devida. É urgente agirmos e metermos a mão na massa! Veja algumas ideias. Por Catarina Monteiro.

Sabia que é possível produzir biocombustíveis a partir do leite? Pois é, há um enorme interesse no bioetanol como alternativa energética aos combustíveis fósseis e ele pode ser produzido a partir do leite. Por Catarina Monteiro.

Nos oceanos, a cada dia que passa, formam-se mais e maiores ilhas de plástico. Só em Portugal são gastos, em média, 370 milhões de toneladas de plástico por ano. O impacto sobre a saúde humana constitui ainda um desafio para a investigação. No entanto, indícios sugerem que o material plástico pode penetrar nos capilares dos órgãos, interagir com...