Ana Luísa Pinho – Consumo

Diretora de Marketing. Escreve quinzenalmente à quinta-feira.

Por cá, sabemos que quando vemos a “Popota” no ar, então é porque o Natal chegou. E ela já anda aí, este ano acompanhada do Luccas Neto. Por Ana Luísa Pinho.
mulher feliz no supermercado

O tipo de felicidade que cada um procura está diretamente relacionada com a fase da vida (sobretudo a idade) em que se encontra. Por Ana Luísa Pinho.
Mulher a fazer compras

Estado de espírito, prazer, bem-estar, necessidade de afirmação, ligação entre produtos e incentivos podem conduzir à compra por impulso. Como criar uma estratégia de marketing eficaz para o comprador por impulso? Por Ana Luísa Pinho.

Cada um dos cinco sentidos contribui para ativar a memória através de experiências passadas, causando emoções, positivas ou negativas, e gerando comportamentos. Por Ana Luísa Pinho.
lampada

Inspirada pelos poderes do Capitão América e companhia, e com uma lista de “coisas a fazer” mais longa do que gostaria, dei por mim a pensar: “Como marketer, se pudesse escolher, qual seria o superpoder que quereria para mim?” Por Ana Luísa Pinho.

Quando uma marca pessoal faz parte de um grupo maior, seja uma equipa, uma empresa ou uma comunidade, é ainda mais importante o cuidado de não sobrepor os objetivos pessoais aos objetivos desse coletivo. Por Ana Luísa Pinho.
Mulher a sorrir

Tirando os anúncios a cremes anti-aging e antirrugas, produtos para incontinência, vitaminas e sprays para tapar as brancas, a verdade é que a mulher com mais de 40 anos é pouco (e mal) retratada na comunicação. Por Ana Luísa Pinho.
mulher compras

O preço percebido é tão ou mais importante que o preço real, sobretudo em períodos de crise. Por Ana Luísa Pinho.
compras de legumes

Com a pandemia, as soluções móveis, contactless e hiper convenientes atingiram um pico, muito alimentadas pela mudança de preferência do consumidor. Por Ana Luísa Pinho.
app bereal

Quem disse que não havia espaço para mais uma app de media social? Já conhecem a BeReal, a nova plataforma de media social que convida os utilizadores a partilharem um ‘instantâneo’ da sua vida em tempo real, de forma autêntica, sem artifícios, filtros ou edições?