Home»ATUALIDADE»ENTREVISTAS»Susana Bettencourt: «A minha imaginação é muito livre e sem preconceitos»

Susana Bettencourt: «A minha imaginação é muito livre e sem preconceitos»

Entre 156 candidatos de 19 países do Mediterrâneo, a marca Susana Bettencourt foi uma das 20 vencedoras da 7ª edição do prémio OPENMYMED 2017, uma iniciativa da Maison Méditerranéenne des Métiers de la Mode que tem como missão descobrir novos criadores e dar apoio nas três grandes expectativas de qualquer nova marca: a sua plataforma, comunicação e comercialização.

Pinterest Google+
PUB

A marca Susana Bettencourt existe desde 2011. Desde que acabou o mestrado na London College of Fashion e foi selecionada para o Press Show no V&A,  o tempo passou a correr. Começa a marca em Londres onde a manteve por dois anos e regressa a Portugal e investe no seu projeto. Mas por cá ainda trabalhou na Salsa, onde aprendeu e desenvolveu melhor a compreensão do negócio.

 

Todas as fases, boas e más, foram muito importantes para o que a marca é hoje. E 2017 começou com uma boa notícia.

 

Veja também: Moda ecológica bate recordes em Berlim

 

Muitos parabéns, Susana. Acaba de ser uma das 20 vencedoras da 7ª edição do prémio OPENMYMED. O que representa este prémio ?

Este prémio significa, no fundo, uma viragem e uma preparação para o futuro da marca, de forma a garantir a sua existência e crescimento da empresa e equipa. Acho necessário melhorar a comunicação da marca e passar ao consumidor o verdadeiro valor do nosso trabalho. Para tudo isto, preciso de ajuda, para a estratégia, e de mentores que já tenham experiência, de investir na imagem, na comunicação e no website da marca: tudo coisas que o prémio oferece.

 

Ser a única marca portuguesa entre as 20 marcas vencedoras dá-lhe um orgulho extra?

Claro que me deixa orgulhosa, mas com a noção de que tive muita sorte também. Nesta área, mesmo trabalhando arduamente, sentimos sempre que o esforço não é reconhecido. Ter sido selecionada faz-me sentir reconhecida e dá alento para continuar a trabalhar.

 

Veja também: Dicas de styling para tornar os looks mais sofisticados

 

Este prémio vai ajudar a evoluir a marca de que modo?

Ajudará a ajustar a marca à atualidade, e as duas apresentações na Who’s Next (também incluídas no prémio) espero que beneficiem as vendas e a criação de material editorial e conteúdo para as redes sociais e website. Tudo com o objetivo de atingir o cliente final e equilibrar o lucro justo na venda a multimarcas.

Artigo anterior

Leite de ovelha pode ser o próximo alimento funcional

Próximo artigo

Trivago elege os melhores hotéis de Portugal em 2017