Home»FOTOS»Substituições inteligentes que emagrecem

Substituições inteligentes que emagrecem

Nem todas as pessoas estão dispostas a abrir mão dos prazeres da mesa em nome de uma alimentação saudável. Mas quem disse que a mudança dos hábitos alimentares precisa de ser drástica? De seguida apresentam-se algumas substituições alimentares que ajudam a emagrecer se forem aplicadas no dia-a-dia. E mais resultados vão ver aquelas pessoas que estão a seguir um plano alimentar de emagrecimento.

Pinterest Google+
PUB

O salmão é um peixe gordo, mas muito benéfico ao nosso organismo. É rico em proteínas e em ácidos gordos ómega 3, que auxiliam na prevenção de doenças cardiovasculares e de alguns tipos de cancro. Já as carnes vermelhas (picanha, cupim, costelas, entrecosto) contêm muita gordura saturada, que para além de calorias aumentam o mau colesterol (LDL). Por isso a substituição das carnes vermelhas pelas carnes brancas e pelo peixe (qualquer tipo) é o recomendado.

 

Prefira uma peça de fruta ou uma taça de salada de frutas ao invés de uma torta de fruta! Quem quer emagrecer convém fugir das sobremesas ricas em gorduras e açúcares. Isto é, são muito calóricas, gordas e pouco nutritivas.

 

VEJA TAMBÉM: COTTAGE, O QUEIJO RICO EM PROTEÍNAS E BAIXO EM CALORIAS

 

O valor calórico de 100 ml do refrigerante original (sem ser light ou diet ou 0%) é quase o mesmo valor calórico de 100 ml de sumo de fruta. Acontece que não dá para comparar o valor nutricional do refrigerante com o do sumo. O sumo é muito mais nutritivo, rico em vitaminas, sais minerais e algumas fibras, enquanto que o refrigerante basicamente só tem açúcar, que não traz benefícios para a saúde de ninguém.

 

Para quem está a fazer dieta (nem é preciso dizer que) a utilização do adoçante é muito mais indicada do que a do açúcar, devido à quantidade de calorias. Hoje em dia existem adoçantes naturais que não fazem mal à saúde e que podem ser usados em receitas em que os alimentos têm que suportar temperaturas elevadas.

 

Substitua a cerveja e bebidas alcoólicas pelo vinho.

 

Artigo anterior

Portugal volta a subir no ranking da felicidade

Próximo artigo

Saúde oral: cuidados diários segundo os médicos dentistas