Home»BEM-ESTAR»COMPORTAMENTO»Sonhar acordado

Sonhar acordado

Pinterest Google+

Num dos primeiros artigos aqui publicados, escrevi sobre como definir objetivos usando uma linguagem que o cérebro inconsciente reconheça e que consiste em seguir alguns critérios.

 

No artigo da semana passado falei sobre poder pessoal. Ora sendo esta a típica altura das resoluções e até do início de grandes projetos para muitas pessoas, creio ser interessante partilhar convosco algumas dicas que poderão revelar se importantes para a conclusão desses projetos.

 
É frequente quando temos uma qualquer ideia maravilhosa sobre um projeto igualmente maravilhoso sermos assolados por uma voz na nossa cabeça que costuma ter um sem fim de opiniões que nos querem fazer crer que nunca atingiremos o nosso objetivo. Consoante o grau de requinte e malvadez da tal voz, podemos ouvir coisas como “nunca atingirás este objetivo”, “quem pensas que és para sonhar tão alto” ou mesmo uma que eu adoro que é “quem nasceu para lagartixa nunca chegará a jacaré”. Talvez estas frases parecem ridículas agora, mas atrevo-me a afirmar que a maior parte das pessoas já as ouviu na sua cabeça em algum momento da sua vida.

 
Como podemos então interagir de forma pacífica e produtiva com as diferentes “vozes” que coabitam a nossa cabeça? Vamos para efeito deste artigo usar três características ou se quiserem, três arquétipos comuns.

 
Proponho lhe que se foque num objetivo que tenha definido recentemente ao qual ainda sinta que falta limar algumas arestas. Comece por procurar um lugar onde se sinta confortável, talvez um sofá, uma espreguiçadeira, em frente ao mar, o que quer que faça sentido para si e sonhe, sonhe como se tudo fosse possível. Irão surgir momentos em que a voz quererá minar o seu sonho. Mande a dar uma volta ou diga lhe apenas para esperar a sua vez. Entretanto, continue a sonhar sem limites. Procure anotar, nem que seja mentalmente tudo o que vai sonhando.

Artigo anterior

O que vestem as estrelas para sair à noite?

Próximo artigo

Gwyneth Paltrow investe na restauração