Home»ATUALIDADE»ENTREVISTAS»Sofia Escobar, uma estrela num programa de talentos

Sofia Escobar, uma estrela num programa de talentos

Sofia Escobar é membro do júri do 'Got Talent Portugal', o programa de talentos que tem colado os espetadores portugueses ao ecrã nos domingos à noite. Conversamos com a atriz portuguesa sobre o regresso a Portugal, depois do sucesso nos musicais londrinos.

Pinterest Google+
PUB

Sofia Escobar tem uma carreira internacional que não deixa margem de dúvidas para o seu talento. Depois de arriscar uma mudança de residência para Londres com o objetivo de estudar na prestigiada escola Guildhall School of Music and Drama, a atriz viu o seu risco compensado ao conseguir o papel de protagonista do musical West Side Story, Maria. Depois da nomeação para os principais prémios do teatro britânico, incluindo os prestigiosos Laurence Olivier e WhatsOnStage Awards, tendo vencido a categoria de melhor atriz de teatro musical neste último, Sofia Escobar participou na digressão mundial. Ao regressar ao West End, Sofia Escobar agarrou um novo projeto: a personagem Christine Daae na peça O Fantasma da Ópera, que interpretou durante três anos e meio. Deixou os palcos londrinos para se dedicar ao projeto mais recente, Gabriel, prestes a completar um ano, fruto da sua relação com o ator espanhol Gonzalo Ramos. Não esquecemos a sua atuação ao lado do tenor José Carreras na sua terra natal, Guimarães, nem o seu sorriso contagiante. Sofia Escobar é um talento que, agora, dá a vez a outros no programa ‘Got Talent Portugal’.

Voltar a Portugal como jurada de um programa de talentos tem um sabor especial?
Voltar para o meu país para mim tem sempre um sabor especial mas claro que estou muito feliz por estar a trabalhar em Portugal.

Li uma crónica do André Rosa em que ele diz: “Sofia Escobar é a contratação que merece aplausos à RTP. Fica, por outro lado, a sensação de que lhe devemos, enquanto país, um pedido de desculpas, de tal forma aparentamos ter-nos esquecido do grande talento que é.” Alguma vez sentiste que o teu talento não foi reconhecido ?
Desde o início da minha carreira que me sinto muito acarinhada pelo público português. No entanto, nós, portugueses, temos uma certa tendência a valorizar mais os que têm sucesso lá fora. Esta é uma tendência que eu pessoalmente gostava de ver mudar, temos que dar mais valor aos nossos, somos um país cheio de gente extraordinária nas mais diversas áreas.

A tua história e luta por uma carreira tornou-te mais sensível aos sonhos dos outros?
Eu sou por natureza uma pessoa sensível e, de facto, fiz imenso sacrifícios ao lutar pelo que queria fazer com a minha vida por isso sim, tenho muita empatia com pessoas lutadoras, fortes, que não desistem. Admiro muito essas pessoas.

É difícil para ti dizer que não a alguém?
Não é fácil, de facto. E no contexto do Got Talent Portugal provou ser um desafio maior do que eu pensava. Logicamente há situações em que tem mesmo que ser.

Como é a dinâmica com os restantes membros do júri?
É fantástica, sinceramente. Cada um de nós tem a sua personalidade e as nossas opiniões são por vezes divergentes, mas temos um enorme respeito uns pelos outros. São pessoas super interessantes, tenho adorado conhecê-los melhor.

Achas que é um grupo equilibrado para julgar os talentos diversos que passam pelo palco da RTP?
Sem dúvida! Mas acho que precisávamos de um quinto elemento na área da dança!

A estreia teve mais de um milhão de espetadores. Qual é o segredo do programa?
O formato Got Talent tem imenso sucesso em muitos países. Eu seguia o britânico e o americano e acho que o segredo é mesmo a variedade, a química dos jurados e apresentadores, a edição, o facto de num só programa vermos coisas que não conhecíamos e aparecem grandes talentos. E temos a oportunidade de nos rirmos bastante sem haver faltas de respeito ou humilhação dos candidatos, que é algo que eu pessoalmente não gosto.

Já sabias que Portugal tinha tanto talento?
Sabia que o nosso país tem pessoas com imenso talento mas, mesmo assim, no início das audições senti que estava a abrir uma caixinha de surpresas chamada ‘Portugal’. A variedade impressionou-me bastante e também me foram dadas a conhecer coisas novas. No geral tem sido uma experiência muito enriquecedora.

Queres partilhar a história de algum concorrente que te tenha tocado particularmente?
Houve vários concorrentes que me emocionaram, mas há sempre uns quantos que nos ficam na memória. A Constança, por exemplo, que foi o meu botão dourado e que tenho a certeza que, continuando a estudar, terá uma brilhante carreira pela frente.

E houve alguém que tenhas tido muita pena que não passasse?
Tive imensa pena da Camila não ter passado. Na minha opinião, além de ser linda e ter uma presença fantástica em palco, tinha um timbre muito bonito e um potencial incrível. Espero que ela não desista e continue a investir na formação dela.

Que outros projetos tens na manga?
Tenho já algumas coisas em vista mas não posso ainda revelar.

A tua vida divide-se entre Espanha e Portugal neste momento. É um desejo voltar de vez para Portugal?
Entre Espanha, Portugal e Londres neste momento. Viajo imenso e o Gabriel já esta muito habituado a voar, anda comigo e com o Gonzalo nesta vida desde os três meses. Não é de todo fácil mas com força de vontade e atitude positiva tudo se consegue. Portugal nunca está fora dos meus planos no entanto tudo depende das oportunidades de trabalho que se proporcionem.

O Gabriel já começou a aprender português e espanhol?
Eu só falo com ele em português, o pai só fala espanhol e nós um com o outro falamos em inglês, de maneira que ainda não começou a aprender nada.

E reconhece a mãe na televisão?
Ainda é pequenino, acho que ainda não tem noção do que se está a passar mas sabe que é a mãe porque se ri imenso quando eu apareço.

Quais as tuas preocupações como mãe?
Que ele esteja saudável e feliz.

Que cuidados de beleza e saúde podes partilhar connosco?
As coisas mais básicas como ter uma alimentação equilibrada, fazer exercício, limpar e hidratar bem a pele, coisas que toda a gente sabe e que resultam mesmo. Eu como sopa a quase todas as refeições, nunca saio de casa sem pequeno almoço e como imensos legumes e saladas. A par disso, faço yoga e meditação que me ajudam imenso a baixar os níveis de stress e manter-me bem comigo mesma.

Conheces alguma mezinha caseira infalível no que toca a beleza?
Infelizmente não. Para mim a receita ideal é estar bem comigo mesma. Isso acaba por se refletir no meu aspeto exterior e na forma em como encaro a vida.

Num dia ideal, o que tens vestido?
Sou muito simples no meu dia a dia. Diria jeans, t-shirt e umas Uggs.

Qual é a tua peça de roupa preferida e porquê?
Vai variando mas, neste momento, uns jeans da Salsa que são perfeitos e que tanto uso com saltos em situações mais formais como com umas All-Stars para levar o Gabriel ao parque.

Veja imagens da atriz da na galeria que se segue:

$$photo-gallery$$

Por Joana de Sousa Costa
Artigo do parceiro:

Mood

Artigo anterior

Sofia Escobar brilha em 'Got Talent Portugal'

Próximo artigo

As melhores fotografias de casamento de 2014