Home»ATUALIDADE»ESPECIALISTAS»Síndrome pré-menstrual: causas, sintomas e tratamentos

Síndrome pré-menstrual: causas, sintomas e tratamentos

Em 85% das mulheres em idade fértil, ocorrem ciclicamente, cerca de 15 dias antes da menstruação, uma série de alterações físicas e emocionais que podem causar perturbações a vários níveis. Sabia que é mais frequente entre os 25 e os 45 anos e nas mulheres que já tiveram filhos?

Pinterest Google+
PUB

Como saber se tenho SPM?

Para perceber se tem ou não SPM, registe num quadro os sintomas e a sua relação com o dia do ciclo:

Será provável ter SPM, se:

– Os sintomas ocorrem nos 5 dias antes da menstruação

– Terminam em 4 dias (após início do período)

– Repetem-se em pelo menos 3 ciclos

 

Quando procurar o médico?

Sempre que os sintomas perturbem significativamente o bem-estar ou causem problemas nas relações profissionais ou pessoais.

 

VEJA TAMBÉM: CELULITE, A DIABÓLICA CASCA DE LARANJA (QUE ESTÁ DE VOLTA)

 

Como “combater” o SPM?

Existem várias formas de tentar evitar ou reduzir os efeitos do SPM:

– O exercício físico regular, se possível diário e não apenas nos dias dos sintomas, e dormir bem e no mínimo 7 horas/dia, pode melhorar a disposição e reduzir a fadiga.

– A alimentação também pode ajudar. Deve-se comer alimentos ricos em determinadas vitaminas (do complexo B) e sais minerais (cálcio e magnésio). Assim recomenda-se: fruta e verduras frescas, nozes do Brasil, ovos e produtos lácteos, pão integral e cereais ricos em fibra. Por outro lado, deve-se reduzir a ingestão de sal, cafeína, açúcar e álcool.

– A toma de um polivitamínico pode também ser bastante útil.

– Estratégias de redução de stress (yoga, meditação, exercícios de respiração, massagem, realização de atividades lúdicas, confraternizar com amigos/família).

– Uso de roupa/calçado confortável e redução do consumo de tabaco.

– Medicamentos de prescrição livre, como por exemplo: paracetamol, aspirina, Ibuprofeno, que podem aliviar sintomas como dores de cabeça, dor mamária, dor das costas e cãibras.

– Terapêutica hormonal, que deve sempre implicar a ida a uma consulta médica da especialidade. Sendo o SPM largamente dependente das oscilações hormonais mensais das mulheres, a pílula contraceptiva pode ser útil ao regular os níveis hormonais e diminuindo as dores e o fluxo menstruais. Em casos de alterações do humor muito graves (depressão grave, ideação suicida), podem ser usados antidepressivos de forma esporádica ou nos 10-14 dias que precedem a menstruação.

 

 

 

 

 

 

Artigo anterior

Eu sou Sagitário: as principais características deste signo

Próximo artigo

Fórum das Florestas: novo relatório insta à urgência de proteção e conservação das florestas