Home»VIDA»CARREIRA»Ser uma líder carismática pode ser aprendido? Claro que sim!

Ser uma líder carismática pode ser aprendido? Claro que sim!

Michelle Obama e Oprah são os nomes que surgem com maior frequência quando se pensa em líderes femininas carismáticas. Mas afinal o que significa “carisma”? E até que ponto é um privilégio de quem já nasce com isto ou pode ser aprendido?

Pinterest Google+
PUB

O sociólogo Max Weber expõe o carisma como uma qualidade pessoal que confere poder. Já a origem da palavra em grego significa “dom especial”. O carisma pode ser definido como a capacidade de comunicar uma mensagem clara, visionária e inspiradora que cative e motive a audiência. Dizem que as pessoas carismáticas já nasceram assim — naturalmente expressivas, extrovertidas e com capacidades de persuasão. Mas desengane-se, o carisma pode ser aprendido.

 

Um estudo realizado pela Harvard Business Review junto de gestores, em laboratório e no terreno indicou que qualquer indivíduo treinado naquilo que chamam Táticas de Liderança Carismáticas (TLC) pode tornar-se mais influente, conquistar a confiança dos outros e parecer-lhes mais “líder”.

 

Já dentro de um contexto mais próximo, recentemente, participei num fórum Internacional, onde várias líderes femininas, provenientes de todos os cantos do mundo, debateram sobre as qualidades que reconheciam numa líder carismática. Estas foram as que mais se destacaram:

 

1 – É auto-confiante: capaz de aceitar-se a si própria, está confortável na sua própria pele. É autêntica, no sentido de ser fiel aos seus valores e não tentar ser de outra forma que não ela própria, por querer agradar a outros.
2 – É positiva e mantém-se otimista: tem a ver com a capacidade de ver o copo meio cheio. Adiciona entusiasmo a tudo o que faz e a forma em que fala, o que se traduz numa influência positiva e cativante.
3 – Inspiradora: através de uma visão clara e capaz de a partilhar e comunicar eficazmente. Fala com convicção e paixão.
4 – Aceita a mudança e está aberta para explorar novos caminhos, capaz de se reinventar e continuar o caminho com determinação.
5 – Capacidade de criar empatia: coloca-se no lugar do outro e ouve-os.
6 – Faz com que a outra pessoa sinta a sua total atenção, o que coloca imediatamente a outra pessoa à vontade e completamente confortável.
7 – É humilde e sabe reconhecer o mérito em todas as pessoas que a rodeiam. Ela é o exemplo dos valores e princípios que defende.

 

Você é carismática? Quais destas 7 qualidades já possui? Quer melhorar seu nível de carisma? Nunca é tarde demais. Apenas cultive-o.

Artigo anterior

Tapioca virou moda, mas será assim tão saudável?

Próximo artigo

Idosa que fazia escalada salva pela tecnologia que usava