Home»VIDA»SOCIEDADE»Seis tradições de Páscoa na Europa

Seis tradições de Páscoa na Europa

Apesar de a Páscoa ser uma celebração religiosa comemorada em todo o mundo, cada país, cultura e povo tem a sua própria forma de o viver. A momondo mostra-lhe como seis países europeus celebram esta época festiva e quais são as suas tradições gastronómicas. Algumas bem pitorescas.

Pinterest Google+

Finlândia– aqui a Páscoa é muito parecida com o Halloween, as crianças saem à sua com as suas máscaras e pedem doces aos vizinhos. No que diz respeito à gastronomia típica desta altura do ano, os finlandeses costumam comer mämmi, um pudim fervido no forno, temperado com malte. Nesta altura, as refeições são compostas por carneiro, galinha, ovos e outros pratos tradicionais como pasha, kulitsa e baba, introduzida na gastronomia finlandesa pela comunidade ortodoxa grega na Finlândia Oriental. Para a sobremesa, as crianças esperam ansiosamente pelo Mignon, cascas de ovo verdadeiras recheadas de chocolate.

 

Suécia- Tal como na Finlândia, a Páscoa na Suécia é igual ao Halloween. Na terça-feira Santa, as crianças mascaram-se e vão para as ruas pedir doces. Os suecos gostam de criar os seus próprios ovos da Páscoa de papel, enchendo-nos com chocolates e doces. O tradicional almoço de Páscoa é composto por arenque, salmão curado, queijos, ovos, pães e Janssons Frestelse (Tentação Jansson) uma batata cheia de cebola e anchovas, e bebidas como Schnapps (um brandy temperado) e Påskmust (um tipo de refrigerante com especiarias). Ao jantar, os suecos comem carneiro assado com batata gratinada.

 

VEJA TAMBÉM: PÁSCOA: DICAS PARA UMA ROAD TRIP INESQUECÍVEL

 

Polónia– Na Polónia, um carneiro feito de manteiga é usado como decoração, as famílias mais tradicionais preferem fazê-lo em casa, mas é possível comprá-lo em diversas lojas. Para a missa de domingo, as famílias levam um cesto de ovos cozidos e outros ingredientes para serem abençoados nas Igreja. A tradição polaca dita ainda que as pessoas devem trocar pisankis (ovos de galinha decorados que são vistos como amuletos de boa sorte simbolizando amor, fertilidade e fortuna). Em termos de gastronomia tradicional, os polacos comem Pasha, um bolo tradicional, e Mazurek um bolo com base fina feita de pastelaria com uma segunda camada de massa ambas cobertas por geleia e chocolate.

 

Bulgária- A tradição diz que os búlgaros têm de comer o típico Kolache ou Kozunak, pequenos pães semelhantes ao Pantone, especialmente decorados por um número ímpar de ovos vermelhos. Os pães e ovos são abençoados durante as celebrações e depois oferecidos aos familiares e amigos que entregam dinheiro em troca, para demonstrar a sua gratidão. Os ovos são depois esmagados após a missa da meia-noite e o primeiro ovo a ser comido deve ser partido numa parede da igreja. Após o almoço de Páscoa, toda a gente joga o “Partir da Boa Sorte”, cada pessoa escolhe um ovo para bater nos ovos das outras pessoas: quem chegar ao fim com um ovo inteiro após todos os outros estarem partidos terá um ano cheio de sorte.

 

VEJA TAMBÉM: ALGARVE: CAMINHADAS, CICLOTURISMO E GASTRONOMIA SÃO A NOVA APOSTA DA REGIÃO

 

Inglaterra- Na primeira segunda-feira após a Páscoa, os residentes de Hallaton e de Medbourne’s jogam um jogo cujo objetivo é o de carregar barris de cerveja até à aldeia rival, separados por dois córregos- ao estilo da luta livre, uma vez que só não vale colocar dedos nos olhos do adversário, estrangulá-lo ou usar armas. O Carneiro de Primavera Assado é um prato tradicional e os brownies de ovos (ovos de chocolate recheados com creme) são uma sobremesa fantástica.

 

Espanha- A tradição da semana sagrada em Espanha é fora do comum. As pessoas usam capuz e carregam tochas durante uma procissão e recriam diversas cenas da vida de Cristo na rua (especialmente em cidades do Sul de Espanha como Granada, Málaga e Sevilha), esta é uma das maiores tradições religiosas. Alguns dos pratos tradicionais espanhóis são a Torrija (fatias de pão frito cozinhado numa panela com azeite, leite, vinho, mel, ovos e diversas especiarias), a sopa de alho, pratos de peixe e doces como Buñuelos e a La Mona de Pascoa (um bolo tradicional da Catalunha, decorado com lascas de amêndoa, ovos cozidos coloridos e outras decorações de Páscoa).

 

 

 

 

 

Artigo anterior

Ortorexia: A busca de uma alimentação saudável

Próximo artigo

Limpezas de primavera? Oh não!