Home»GLAMOUR»BELEZA»Sardas: porque umas peles têm e outras não?

Sardas: porque umas peles têm e outras não?

Há peles com muita pinta. Não é nenhum defeito, mas sim uma característica da pele que tem zonas com grande concentração de melanina, o pigmento que dá cor à pele.

Pinterest Google+
PUB

Muitas pessoas sentem-se inibidas poe terem o rosto cheio de pintas, já outras apreciam a particularidade que as diferencia dos demais. O certo é que ninguém é indiferente às sardas.

 

As sardas não são nenhum problema de saúde, são sim o reflexo de uma elevada concentração de melanina, o pigmento que dá cor à pele, em determinadas zonas do corpo.

 

As sardas estão inscritas nos genes, ou seja, mesmo que os pais ou avós não tenham sardas elas fazem parte do código genético da família. Elas aparecem mais em peles mais claras, mas tal não significa que todas as pessoas as tenham. Da mesma forma que nem todos os ruivos têm sardas e nem todas as pessoas que têm sardas serão ruivas.

 

Outra curiosidade é que as sardas não são todas da mesma cor. Existem sardas beges, amarelas, encarnadas e castanhas.

 

Porém, o que é de assinalar é que uma pele coim sardas exige cuidados redobrados com o sol, pelo que é necessário aplicar sempre protetor solar, pois estas peles são mais vulneráveis a queimaduras solares.

 

VEJA TAMBÉM:

A PROCURA PELA MUDANÇA ESTÉTICA NO COMBATE À MELHORIA DA AUTOESTIMA DOS JOVENS

MARCA PORTUGUESA LANÇA COSMÉTICOS PARA DESPORTISTAS

OPERAÇÃO VERÃO: ESTRATÉGIAS PARA EVITAR RUGAS

SAIBA COMO SE MAQUILHAR NO VERÃO

 

Artigo anterior

Não consegue emagrecer? Estas trocas de alimentos ajudam a perder peso

Próximo artigo

Praias do mundo vistas do céu