Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Santarém promove Rota de Petiscos & Vinhos do Tejo

Santarém promove Rota de Petiscos & Vinhos do Tejo

De 10 a 25 de julho, vinte restaurantes de Santarém vão disponibilizar os melhores petiscos regionais harmonizados com Vinhos do Tejo, pelo preço de cinco euros.

Pinterest Google+
PUB

No âmbito dos 40 Anos do Festival Nacional de Gastronomia de Santarém, a Câmara Municipal e a Viver Santarém levam a cabo o evento “Santarém Petiscos & Vinhos do Tejo”, onde, através de um roteiro com vinte restaurantes aderentes, vai ser possível saborear o melhor da gastronomia e vinicultura da região Tejo, de 10 a 25 de julho.

 

Assim, restaurantes escalabitanos de referência vão disponibilizar petiscos harmonizados com vinhos, pelo preço de cinco euros. E, com o objetivo de estimular a participação da população, decorre ainda um passatempo que tem como objetivo a atribuição de um prémio aos primeiros dez participantes que visitem dez dos restaurantes aderentes à iniciativa e degustem o petisco e o vinho do mesmo. Estará disponível nos restaurantes aderentes um mapa/roteiro que o participante deverá solicitar e ir preenchendo com os carimbos dos espaços à medida que efetua a rota.

 

VEJA TAMBÉM: SETE ESCAPADINHAS BEM PORTUGUESAS

 

Ricardo Gonçalves, presidente da Câmara Municipal de Santarém, reforça que o objetivo é «a valorização da gastronomia e dos vinhos do Tejo, bem como a dinamização da económica local, agradecendo o envolvimento de todos nesta iniciativa».

 

João Teixeira Leite, presidente da Viver Santarém, explica que esta iniciativa visa «dinamizar Santarém, reforçar o estatuto de capital da gastronomia, atraindo novos públicos ao nosso território, reforçando a sua convicção que será um evento que tem todas as condições para se afirmar e repetir».

 

O presidente da CVR Tejo, Luís de Castro, enaltece o envolvimento da entidade neste importante evento: «Os Vinhos do Tejo irão participar em vários eventos gastronómicos que fazem parte do Festival Nacional de Gastronomia que este ano comemora 40 anos, estou certo que a união destas entidades irá ter muito êxito junto do público valorizando a gastronomia local e os Vinhos do Tejo».

 

 

 

 

 

 

 

Artigo anterior

Drama Queen? Meça o seu nível dramático segundo um estudo

Próximo artigo

Bicicleta, elíptica ou remo: qual o melhor aparelho?