Home»ATUALIDADE»ESPECIALISTAS»Sal, o tempero da vida com múltiplos benefícios

Sal, o tempero da vida com múltiplos benefícios

A OMS recomenda que se consuma até 5 gramas diárias de sal, para que este não se torne num vilão para a nossa da saúde. Mas o alimento que foi já uma das moedas de troca mais cobiçadas do mundo é um aliado com muitas propriedades benéficas para o organismo. Sabia que há pelo menos 12 tipos de sal?

Pinterest Google+

Em plena época de verão e praia em Portugal, esta crónica sobre “O Alimento é Vida”, pela ordem alfabética, traz-nos a letra S com o tempero da vida, o alimento que foi já uma das moedas mais cobiçadas nas trocas comerciais do mundo.

 

Na cosmética e na estética de corpo e rosto, o sal é um aliado para desintoxicar a pele e estimular a oxigenação celular, sobretudo se o sal for do mar morto. Há registos históricos que relatam o uso deste tipo de sal, pela rainha Cleópatra, no ano 34.aC.

 

Nestes relatos históricos conta-se que a rainha incentivou Marco António a conquistar as baixas regiões da Jordânia, para que ela ordenasse a exploração deste mineral precioso para os seus tratamentos de beleza, devido ao seu poder desintoxicante, capaz de proporcionar o rejuvenescimento e maior beleza para a sua pele.

 

VEJA TAMBÉM:  DESCUBRA OS INÚMEROS BENEFÍCIOS DA ÁGUA SALGADA

 

Se consumido em excesso o sal pode estimular o organismo a desenvolver doenças como hipertensão, falência renal e retenção líquida, por falência do sistema linfático. No entanto, o sal é um elemento que contém propriedades vitais para a vida de todos os seres vivos.

 

Definido pelo dicionário da Wikipédia, o sal é um composto altamente solúvel, presente nas águas oceânicas na proporção média de 26g/L. Nos mares e lagoas a concentração de sal depende do equilíbrio entre fatores como aporte de águas doces de rios e evaporação, além da injeção de águas marinhas, o que modifica a salinidade. Esta combinação de minerais, se usada com sabedoria, torna-se um aliado da nossa saúde, além de servir para ativar e melhorar o sabor dos alimentos.

 

Há um hotel de sal na famosa salina Turda da Roménia, na Transilvânia, um dos lugares mais incríveis, onde existe uma das maiores cavernas de exploração de sal do mundo e na qual foi construído um parque temático. Aconselho a fazerem uma visita.

 

VEJA TAMBÉM: REDUZA AS TOXINAS NA ALIMENTAÇÃO: DA ESCOLHA DOS ALIMENTOS À SUA PREPARAÇÃO

 

O sal há muito que é usado como forma de tratamento, sobretudo em pessoas com doenças respiratórias, de pele e mentais. São os chamados tratamentos de haloterapia, realizados em grutas ou minas de sal, onde se inalam pequenas partículas de sal. Mas este tempero cobiçado por todos os povos do mundo, tem várias cores, aspetos e finalidades terapêuticas, além do seu valor culinário e de classificação gourmet.

 

Podemos classificar o sal da seguinte forma:

Sal refinado de cozinha

Sal light

Sal do mar morto

Sal marinho

Flor de Sal

Sal rosa do Himalaia

Sal Negro da India

Sal vermelho do Havaí

Gersal

Sal defumado

Sal Kosher

Sal Maldon

Artigo anterior

90 anos do Rato Mickey imortalizados em coleção exclusiva de cristal

Próximo artigo

Festival que junta vinho e blues está de volta ao Alentejo