Home»VIDA»CASA & FAMÍLIA»Sabia que o chocolate é tóxico para os cães?

Sabia que o chocolate é tóxico para os cães?

Este artigo é particularmente pertinente nesta altura da Páscoa, em que a maioria dos lares têm os tradicionais ovos da Páscoa de chocolate e amêndoas com diferentes tipos de cobertura, entre outras guloseimas.

Pinterest Google+
PUB

Os nossos animais de companhia são diferentes de nós e a ingestão de chocolate pode provocar intoxicação! Os cães são os animais mais afetados pela intoxicação por chocolate, embora os gatos também sejam suscetíveis aos efeitos tóxicos desta substância.

 

O chocolate é feito dos frutos (grãos) da planta de cacau, que contêm um alcaloide, a teobromina, o componente tóxico do chocolate. A dose a partir da qual esta substância é considerada tóxica é de 100 mg/Kg, podendo ser fatal a partir dos 200 mg/Kg.

 

Naturalmente que nem todos os chocolates contêm a mesma quantidade de teobromina, sendo que os mais ricos nesta substância são os chocolates pretos de culinária, contendo cerca de 15 a 20 mg/g. quanto mais puro for o chocolate maior toxicidade terá!

 

VEJA TAMBÉM: JOGOS PARA BRINCAR COM O NOSSO CÃO DENTRO DE CASA

Como atua?

As xantinas, grupo a que pertence a teobromina, afetam o sistema nervoso central, sistema cardiovascular e sistema nervoso periférico, possuindo também efeitos diuréticos. Sinais clínicos de intoxicação: hiperexcitabilidade, hiperirritabilidade, aumento da frequência cardíaca, aumento da frequência urinária, tremores musculares, vómitos e diarreia.

 

No entanto, dependendo da quantidade de comida ingerida, muitas vezes os sinais clínicos não são evidentes, até os sinais cardíacos se desenvolverem, principalmente em animais já com alguma idade.

 

O que fazer?

Sempre que se suspeite que o cão possa ter ingerido doses letais de chocolate, devemos levá-lo imediatamente ao médico veterinário para eliminar a teobromina do organismo o quanto antes.

 

Não existe um tratamento específico para a intoxicação por chocolate, uma vez que não existe um antídoto para a teobromina. Por isso, nesta Páscoa, se quer mimar o seu cão, leve-o a passear e brinque com ele!

 

Muito importante! No caso de haver crianças em casa, devemos explicar-lhes o quão perigoso pode ser dar chocolate ou doces ao cão e/ou gato.

 

Artigo anterior

Efeitos da menopausa, um problema de saúde pública

Próximo artigo

Como a homeopatia ajuda a combater as alergias de primavera