Home»BEM-ESTAR»CORPO»Enxaquecas, bexiga hiperativa… Sabia que o botox não é só utilizado para tratamentos estéticos?

Enxaquecas, bexiga hiperativa… Sabia que o botox não é só utilizado para tratamentos estéticos?

Sempre que falamos de botox associamo-lo a tratamentos estéticos, mas este pode ser utilizado para tratar os mais diferentes assuntos. Aliás, o botox começou a ser utilizado com outro objetivo. Conheça os outros usos que podem ser dados a esta toxina, segundo a Universidade de Penn, nos EUA.

Pinterest Google+

Quando falamos em botox, falamos sempre em tratamentos estéticos e em celebridades que a ele recorrem para se manterem jovens. Aliás, este é um dos procedimentos estéticos mais usados em todo o mundo. Contudo, com o aumento que houve nos últimos 40 anos na área dos tratamentos estéticos, o botox começou a ser utilizada em outras áreas, nomeadamente no tratamento de outros problemas. Só que estes usos surpreendentes são desconhecidos da grande maioria da população.

 

O botox é a toxina mais potente conhecida pelo homem e o seu principal efeito é a paralisia. Esta substância, que bloqueia as terminações nervosas de absorverem certas moléculas necessárias para funcionarem adequadamente, tem inúmeros usos.

 

VEJA TAMBÉM: USOS INTRIGANTES DO BOTOX: DO ESTRABISMO À CONTENÇÃO URINÁRIA

 

Esta substância, que atualmente é utilizada para fins cosméticos, começou a ser utilizada para pessoas estrábicas e com espasmos musculares, principalmente na zona do rosto. Mas estes são apenas dois dos sete usos legalizados, pela Food and Drug Administration dos EUA, e listados pela Universidade de Penn, dos Estados Unidos da América.

 

Outro dos usos aplicados ao botox, e listado pela Universidade de Penn, é para o tratamento das enxaquecas e do suor excessivo. Quando os médicos administravam os tratamentos de botox aos pacientes com espasmos nas pálpebras, eles notaram que esses pacientes também começaram a relatar menos dores de cabeça. Este tratamento, que foi licenciado em 2010, permite que os pacientes recebam injeções a cada três meses, o que diminuiu a ocorrência de enxaquecas para metade. «O botox previne que os sinais de dor não disparem, o que ajuda os pacientes com enxaquecas crónicas», explica Raymond Price, professor associado de Neurologia na Universidade de Penn.

 

VEJA TAMBÉM: OS BENEFÍCIOS DE CORTAR O CABELO CURTO… E ALGUMAS IDEIAS

 

Quem costuma sofrer de bexiga hiperativa sente uma necessidade constante de ir à casa de banho, mas quando não consegue lá chegar a tempo podem acontecer momentos de incontinência. Para tratar deste problema, as propriedades paralíticas do botox são bastante úteis e os estudos demonstram que 90% dos doentes apresentaram melhoras. «Esta injeção permite que a bexiga relaxe e encha mais antes de precisar realmente de ir à casa de banho. Também dá aos pacientes um maior controlo e alivia os sintomas anteriormente apresentados», disse Ariana L. Smith, professora associada de Urologia e diretora de Medicina Pélvica e Cirurgia Reconstrutiva.

 

Mas quem sofre com dores nos pés também pode ser tratado com botox. Esta substância, que é injetada no pé do paciente, funciona como um absorvente ortopédico e estudos realizados demonstram ser bem mais eficaz do que qualquer tipo de esteroide, revela a universidade.

 

VEJA TAMBÉM: CUIDADOS DE BELEZA PÓS-FÉRIAS PARA RECUPERAR DAS AGRESSÕES DO VERÃO

 

Estes são alguns dos usos do botox mas existem muitos outros, só que ainda não foram legalizados pela Food and Drug Administration dos EUA. Alguns destes usos são: tratamento da depressão, ejaculação precoce, sexo doloroso ou como tratamento para quem sofre de paralisia de Bell.

 

As utilidades do botox podem ser inúmeras, mas este deve ser apenas ministrado por um especialista pois nas mãos de alguém não preparado pode levar a uma aparência cosmética descuidada e, em casos extremos, pode levar à morte.

 

 

 

Artigo anterior

Conheça os alimentos mais ricos em vitamina B12

Próximo artigo

Almôndegas de aveia e cogumelos