Home»VIDA»ALTERNATIVAS»Sabe o que é quirologia?

Sabe o que é quirologia?

Uma curiosidade interessante é a de que Júlio César escolhia os seus homens de confiança através da análise das suas mãos? Conheça esta prática, cuja origem se perde no tempo.

Pinterest Google+

Certamente já ouviu falar em quirologia, mas poderá ter dúvidas acerca do que se trata. Aliás, é frequente confundir-se esta ciência ancestral com a quiromancia, sendo, porém, perfeitamente distintas. Esta última, procede à leitura das mãos baseando-se apenas na adivinhação, enquanto a quirologia, muito pelo contrário, se baseia na lógica e em estudos aprofundados e sistematizados ao longo dos séculos.

 

Perde-se no tempo a origem da quirologia. Sabe-se, contudo, que já era praticada na Índia há mais de 5000 anos, seguindo-se a China, o Tibete, a Pérsia, a Mesopotâmia e o Egipto. Diz-se que foi Alexandre Magno quem levou a quirologia para a Grécia depois de encontrar um livro sobre o tema num altar religioso. Aristóteles também falou sobre esta “ciência das mãos” num dos seus livros.

 

Veja também: Sabe o que é um dream catcher?

 

Uma curiosidade interessante, é a de que Júlio César escolhia os seus homens de confiança através da análise das suas mãos pois dominava este saber acreditando profundamente na sua fiabilidade.

 

Até aos nossos dias, muitos trabalhos foram realizados e publicados pelos mais diversos estudiosos do assunto, incluindo alguns elementos da sociedade científica, contribuindo para o desenvolvimento e credibilização desta “ciência”.

 

Veja também: Vai comprar ou alugar casa? Analise primeiro o número da porta

 

O que é então a quirologia? É uma “ciência” fascinante que, através da análise dos elementos da mão, nos revela informações importantes acerca do estádio de desenvolvimento pessoal, da nossa saúde, felicidade, aptidões e competências, traços de personalidade a melhorar, obstáculos e desafios, possibilidades financeiras e probabilidades de êxito. Permite-nos ainda ter um conhecimento antecipado de acontecimentos futuros que afetarão a nossa vida.

 

Este conhecimento permite-nos não só aceder a informações pessoais como relativamente a terceiros. Podemos, por exemplo, conhecer melhor o carácter de uma pessoa, saber se um colaborador é de confiança, se tem o perfil adequado para liderar uma equipa ou projeto, perceber qual a possibilidade de uma relação dar certo, qual a afinidade psicológica e sexual, conhecer o futuro carácter, robustez física e psicológica de um filho, muito antes de se manifestar, ajudando-nos assim a melhor o perceber e a relacionarmo-nos com maior sucesso e harmonia.

Artigo anterior

Cápsulas de café podem chegar aos 75% das vendas de café a retalho em 2021

Próximo artigo

Vista-se com a cor do ano nesta primavera