Home»FOTOS»Rota das Padeiras ensina a fazer pão como antigamente

Rota das Padeiras ensina a fazer pão como antigamente

Durante quatro dias, as padeiras de Ílhavo ensinam a amassar, tender e esperar pela cozedura das famosas Padas, feitas com farinha de trigo não refinada proveniente de moagens tradicionais e cozidas num forno aromatizado com lenha de pinho. Se quer fazer esta viagem ao passado, vá a Ílhavo de 19 a 22 de março.

Pinterest Google+

Mistura-se a farinha, o sal, o fermento e a água. Amassa-se muito bem e deixa-se a levedar. Depois é preciso dar abas e tender. Por fim, leva-se ao forno a lenha, bem quente e, pouco depois, estão prontas a… devorar. A receita das afamadas Padas de Vale de Ílhavo não se aprende em duas ou três linhas, mas as especialistas dão uma ajuda: de 19 a 22 de março, a Rota das Padeiras regressa a Vale de Ílhavo. Veja algumas imagens na galeria acima.

 

Na base da confeção deste pão há um contexto muito particular, que o torna tão único e tão precioso. A farinha de trigo não refinada, proveniente das moagens tradicionais de Vale de Ílhavo, a lenha de pinho, a temperatura do forno a lenha e, claro, as carismáticas padeiras deste lugar que continuam a cozer o pão conforme lhes ensinaram as mães e as avós.

 

VEJA TAMBÉM: FESTIVAL DO CONTRABANDO RECORDA PRÁTICAS ANTIGAS EM ALCOUTIM E SANLÚCAR

 

Durante quatro dias, a Câmara Municipal de Ílhavo e a Associação Cultural e Recreativa “Os Baldas” arregaçam as mangas e reforçam o empenho em fazer perdurar a tradição. Os primeiros dois dias são dedicados ao público escolar e sénior; sábado e domingo, o pão “é para todos”.

 

Destaque para a iniciativa “Mete a mão na massa”. Nesta oficina, limitada a 15 participantes, de todas as idades, cada um é convidado a arregaçar as mangas e amassar o pão, vestindo a pele de uma verdadeira Padeira de Vale de Ílhavo. Decorre em ambos os dias do fim de semana, às 17h30.

 

VEJA TAMBÉM: MARÇO É O MÊS DO SÁVEL EM VILA FRANCA DE XIRA

 

Ressaltamos também a progframação para a noite de sexta-feira, que arranca com o cheiro de forno a lenha que invade Vale de Ílhavo e conduz os visitantes até à iniciativa “Porta Aberta” (inscrições gratuitas em artesanato@cm-ilhavo.pt). Cinco padarias abrem portas aos visitantes para mostrar como se fazem as Padas, os Folares e o Pão de Vale de Ílhavo.

 

Na sede de “Os Baldas”, a programação d é dirigida a toda a família e inclui música, teatro comunitário, exposição, visitas orientadas e várias oficinas. Para além da tão esperada performance dos Cardadores. Durante todo o evento haverá venda de pão, serviço de bar e estarão patentes duas exposições: A “Pasteleira” do Pão e Dá Cor ao Cardador. Veja  a programação completa aqui.

 

 

Artigo anterior

SPEO: as raízes da obesidade em Portugal são cada vez mais profundas e é urgente cortá-las

Próximo artigo

O meu filho tem peso a mais! Como posso ajudar?