Home»LAZER»DICAS & VIAGENS»Rota das camélias: à descoberta destas flores orientais no norte de Portugal

Rota das camélias: à descoberta destas flores orientais no norte de Portugal

Contrariamente às outras flores, a sua folhagem mantém-se verde todo o ano e produz flores brancas, rosa ou vermelhas. Belas e enigmáticas, foram eleitas pela Chanel como símbolo de elegância e glamour. Pode apreciar a sua beleza in loco em vários espaços mais a norte.

Pinterest Google+
PUB

CASA DOS CAMPILHO

Vila de Vidago – Largo do Olmo 5425-000 Vidago

 

A Casa dos Campilho que inclui uma capela, fonte de mergulho, terreiro e horta com jardim de buchos, no qual se encontram duas árvores de camélias centenárias, provavelmente da época da fundação da casa, que poderá referenciar- se ao final do séc. XVII, início do séc. XVIII. Destaca-se também a existência de uma mina que se pressupõe ter inspirado Camilo Castelo Branco a escrever o seu romance “O Esqueleto”. Esta Casa não está aberta ao público.

 

Espécies de Camélias predominantes: Camellia japónica

Fotos e texto: Município de Chaves

 

VEJA TAMBÉM: IDEIAS CRIATIVAS PARA TER FLORES EM CASA

 

CASA DAS PEREIRAS

Largo Capitão José de Magalhães, 4990-047 Ponte de Lima

 

Esta Casa do séc. XVII está localizada no centro histórico da vila mais antiga do país, junto à Capela das Pereiras, um dos pontos turísticos mais atrativos da Vila. Este espaço é visitável, mediante marcação prévia e com um custo de 3€ por pessoa, para grupos com 10 ou mais pessoas e com um custe de 5€ para grupos com menos de 10 pessoas. Não tem acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida.

 

Espécies de camélias predominantes: Camellia japónica

Fotos e texto: Município de Ponte de Lima

 

Veja agora, no início do artigo, uma galeria com fotos de camélias e de locais que pode visitar.

Artigo anterior

Estudo encontra ligação entre morte cardiovascular e alguns tipos de pesticidas

Próximo artigo

Cinco dicas para mimar a sua pele no inverno