Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Relógio do Apocalipse aproxima-se mais 30 segundos da meia-noite

Relógio do Apocalipse aproxima-se mais 30 segundos da meia-noite

Em 70 anos de existência, é a primeira vez que o relógio que metaforicamente regula a segurança do mundo se aproxima tanto da meia-noite, o momento da catástrofe. Faltam agora dois minutos e meio para a meia-noite.

Pinterest Google+

No dia 26 de janeiro, os gestores do Boletim dos Cientistas Atómicos, uma plataforma que inclui cientistas e outros pensadores da segurança mundial, aproximaram o ponteiro do Relógio do Apocalipse mais trinta segundos da meia-noite.

 

Esta é a primeira vez que o Relógio do Apocalipse, dispositivo que desde 1947 mostra metaforicamente o estado em que o mundo está de se autodestruir, se aproxima tanto da meia-noite, o momento do apocalipse.

 

Veja também: Hábitos imobiliários das pessoas mais ricas do mundo revelados

 

O relógio foi iniciado em sete minutos para a meia-noite durante a Guerra Fria e tem sido posteriormente avançado ou retrocedido em intervalos regulares, dependendo do estado mundial e da perspetiva de uma guerra nuclear. O ajuste é relativamente arbitrário, feito pela diretoria do Boletim dos Cientistas Atómicos, nos EUA, em resposta aos acontecimentos mundiais.

 

«Em 1947, havia uma tecnologia com potencial para destruir o planeta: o poder nuclear. Hoje, o aumento das temperaturas, resultante da queima à escala global de combustíveis fósseis, vai mudar a vida na Terra tal como a conhecemos, potencialmente destruindo ou modificando partes importantes do mundo, a não ser que façamos algo hoje e no futuro imediato», diz Rachel Bronson, editora executiva do Boletim.

 

Veja também: Os ambiciosos edifícios que se vão erguer em 2017

 

O relógio serve como um alerta para os líderes e população estarem cientes da necessidade de cuidar do planeta e de o tornarem um local seguro.

 

O painel de observadores considera que as medidas a tomar são «mais urgentes do que nunca» e refletem uma preocupação acrescida com a eleição de Donald Trump, que já fez saber que pretende aumentar o arsenal nuclear dos Estados Unidos, retroceder medidas ambientalistas, promover medidas isolacionistas, etc..

 

Pode saber mais sobre o Relógio do Apocalipse AQUI.

Artigo anterior

Pastas branqueadoras não branqueiam, diz DECO

Próximo artigo

Consumo de malaguetas diminui mortalidade