Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»‘Receitas com Lata’ promove o valor nutricional das conservas portuguesas

‘Receitas com Lata’ promove o valor nutricional das conservas portuguesas

Um novo livro de receitas online apresenta as conservas de peixe como alimento prático, acessível e nutricionalmente rico. A iniciativa é da Católica Porto.

Pinterest Google+

A Escola Superior de Biotecnologia da Católica Porto, em parceria com a Associação Nacional dos Industriais de Conservas de Peixe, acaba de lançar um livro de receitas executadas à base de conservas.

 

‘Receitas com lata’ é o nome do e-book que integra um conjunto de receitas que têm como principal ingrediente as conservas de peixe e que são acompanhadas por ingredientes que cruzam os sabores do mar e da terra. Esparguete de algas com anchovas e azeitonas, couscous de bacalhau, salada tropical com polvo, bolinhos de carapau e pizza de quinoa com sardinha e rúcula são algumas das receitas que integram o exemplar.

 

As receitas foram desenvolvidas por alunos do Colégio de Gaia no Kitchen Lab da ESB, uma “cozinha laboratório” que se assemelha a uma cozinha industrial moderna, mas que se encontra complementada com alguns instrumentos de análise, tal como um laboratório de química. No espaço, além de ser possível desenvolver e caracterizar novas formulações e receitas de produtos alimentares, também se testam novos ingredientes e tecnologias.

 

Veja a galeria: Factos comprovados sobre nutrição

 

As conservas de peixe fazem parte da alimentação há inúmeros anos. Acessíveis, práticas e pouco dispendiosas, são um tipo de produto que contribui para a boa qualidade da alimentação, fornecendo, à semelhança do peixe fresco, importantes nutrientes ao organismo. Segundo o comunicado divulgado, «o processo de conservação não retira nenhuma propriedade nutricional relevante ao peixe e, ao contrário do que o nome “conserva” possa sugerir, não são utilizados quaisquer conservantes no processo de fabrico».

 

Existem mais de 700 referências de conservas de peixe portuguesas, sendo que a variedade passa não só pelas 20 espécies de peixe, mas, também, pelos diferentes molhos (azeite, óleo, ao natural, tomate, especiarias e ervas aromáticas).

Artigo anterior

Ame-se e deixe-se amar sem sentir culpa

Próximo artigo

Jennifer Lopez lança coleção de sapatos