Home»BEM-ESTAR»CORPO»Razões pelas quais deve fazer exercício com um amigo (ou mais amigos)

Razões pelas quais deve fazer exercício com um amigo (ou mais amigos)

Sejamos realistas, o Todo-Poderoso não nos deu um caráter forte o suficiente e a capacidade de superar todos os obstáculos sozinhos sem a ajuda de ninguém. Por mais persistentes que sejamos, às vezes tropeçamos e precisamos de alguém ou algo para nos empurrar em direção ao objetivo. Seja qual for esse objetivo.

Pinterest Google+
PUB

Todas as pessoas precisam de um braço direito, um amigo leal com quem dividir a última gota de álcool, para quem ligar quando o carro avariar no meio da estrada, com quem fofocar sobre a ex-namorada (juntamente com o álcool que já mencionámos)… Isto vale paro os meninos e para as meninas. Especialmente aquela parte sobre o ex. Conclusão: somos seres sociais. Ponto.

 

De acordo com o exposto, um amigo e parceiro é desejável em todos os lugares e no ginásio, talvez, mais do que em qualquer lugar. Porquê no ginásio? Porque as nossas idas ao ginásio devem ter como objetivo levar o nosso corpo ao estado desejado (ou desejável). A palavra-chave é o objetivo. O problema é que o processo de trazer o corpo para o estado e a forma desejados geralmente requer tempo, esforço e suor. E isso é mais fácil em par. Ou na companhia de três. Ou mais.

 

Contemplamos os bons motivos pelos quais deve fazer exercício físico com um ou mais parceiros. E aqui estão os resultados dos nossos esforços intelectuais…

 

Não é bom deixar na mão

Domingo. Um dia de lazer. Está deitado no sofá, a ver a sexta temporada da sua série favorita, sabe-se lá por quantas vezes, ou a apostar online em sites de casas de apostas, listados aqui, que oferecem as melhores apostas grátis… ou seja, faz seja lá o que for que não envolva atividades físicas. Mas prometeu ao seu amigo que iriam os dois fazer exercícios de peito naquele dia ao meio-dia, e ele mal pode esperar para levantar 100 kg. Então pega no telefone e inventa uma desculpa esfarrapada: está doente, já foi à casa-de-banho 10 vezes esta manhã etc… No meio da digitação do seu discurso mentiroso, recebe a mensagem a dizer “Ei, hoje, meio-dia. Não me deixe na mão”. E não tem escolha, apaga o que começou a digitar, levanta e arranja a mochila de treino.

 

Brincadeira à parte, um estudo psicológico da Stony Brook University, em Nova Iorque, descobriu que os hábitos de treino dos seus amigos e familiares afetam a sua motivação pessoal para a mesma coisa. Quanto mais perto estivermos de um amigo que adora fazer exercício e é persistente nisso, maiores são as chances de nós mesmos sermos vítimas do conformismo – no sentido mais positivo da palavra.

 

É mais divertido a dois (ou três)

Sejamos realistas – é um pouco deprimente fazer exercício sozinho. Mesmo que seja um génio perverso que despreza o mundo, precisa de alguém que ria consigo e, claro, alguém para quem você ria enquanto eles gemem, ofegam e suam. E alguém precisa de captar um momento no ginásio, e a técnica de selfie nem sempre está disponível. A menos que seja muito habilidoso com os dedos dos pés…

 

EQUIPAMENTO DE GINÁSIO

Sem folga

Quando se trabalha em pares, não se pode ‘roubar’ no tempo. Alguém está lá para contar os seus exercícios, gritar consigo e motivá-lo a aguentar o último exercício até ao fim… E isso é importante. O mesmo estudo descobriu que 64% das meninas que se exercitam não atingiriam o seu próprio limite se não houvesse ninguém para incentivá-las a fazê-lo. O melhor é que isso é mútuo e recíproco.

 

Fica menos propenso a desistir

Pesquisas dizem que mais de 40% das pessoas abandonam as atividades coletivas, incluindo fitness, caso estejam sozinhas. No entanto, se for fazer ioga, pilates ou algum programa mais difícil com um amigo, por exemplo, Tabata, a hipótese de desistir é significativamente reduzida e é de apenas 6%.

 

Treino e um café – mais socialização

Um centro de fitness é um dos lugares favoritos onde as pessoas se juntam. Na era das redes sociais, há cada vez menos lugares onde as pessoas realmente se encontram fisicamente e se conhecem, então essa tendência positiva deve ser definitivamente bem-vinda. Mais de metade dos praticantes, de acordo com algumas pesquisas americanas, gosta de beber um batido ou alguma outra bebida com os amigos após o treino. Aqui está outra razão para ir fazer exercício com os amigos – definitivamente passará mais tempo com eles.

 

Algo sexy

Já pensou em treinar com um namorado, namorada ou cônjuge? Pois deveria. Estudos mostraram que os casais que treinam juntos demonstram mais satisfação com o relacionamento. Os psicólogos dizem que essa atividade aumenta a atração sexual entre os parceiros. Podemos acreditar na palavra deles ou simplesmente tentar…

 

Artigo anterior

Carnaval: a importância do brincar e do fantasiar

Próximo artigo

22/02/2022: o que significam números combinados