Home»GLAMOUR»MODA»Rachel Zoe cria infantário na empresa

Rachel Zoe cria infantário na empresa

A designer abriu um infantário na sede da sua empresa para criar melhores condições de trabalho para as mães

Pinterest Google+

Rachel Zoe é, aos 43 anos, o que podemos chamar de uma mãe com uma carreira de sucesso. A stylist e designer é mãe de Skyler, quatro anos, e Kaius, de apenas um ano. A primeira gravidez aconteceu precisamente quando Rachel Zoe, uma das stylists preferidas das celebridades, estava num dos pontos altos da sua carreira, começando nessa altura a trabalhar na criação da sua própria marca de roupa.

No entanto, Rachel decidiu que a maternidade e a carreira iriam viver lado a lado, tendo trabalhado durante toda a gravidez e, quando o primeiro filho nasceu, a designer levava-o consigo para o escritório, amamentando e brincando com ele entre reuniões e sessões fotográficas.

Com isto em mente, a designer acabou de inaugurar na sede da empresa um infantário para as crianças dos mais de 40 funcionários. A decisão tem sido alvo de muitos aplausos, uma vez que a indústria da moda é particularmente conhecida por não ser complacente com as mães trabalhadoras.

“Quis criar um ambiente onde estas novas mães não tivessem de escolher entre a carreira e a maternidade”, explica a designer em comunicado. “Tive a sorte de ver a minha empresa crescer com os meus filhos e o meu marido ao meu lado e por isso quis fazer o possível para dar aos meus funcionários o mesmo luxo.”

Apesar do investimento na infraestrutura, em seguros e pessoal para o infantário, Rachel Zoe explica que o retorno é fantástico: “As mães que trabalham na nossa empresa pode ajudar-nos a crescer sem terem de sacrificar tempo precioso com os seus bebés numa fase crucial para a relação entre mãe e filho”, explica. “Ver a motivação e empenho das mães da minha equipa quando regressaram da licença de maternidade e trouxeram os seus bebés para o infantário, solidificou a minha certeza de que todas as empresas deveriam considerar esta opção”.

A designer deixa ainda palavras de apoio e encorajamento às mães: “Peçam aos vossos empregadores para vos ajudarem a fazer o vosso trabalho da melhor forma possível, seja providenciando benefícios de saúde ou permitindo que trabalhem a partir de casa para estarem com os vossos filhos. Nunca peçam desculpa por serem dedicadas às vossas crianças e desafiem todos os que vos rodeiam a reconhecer e celebrar a vossa capacidade de ser mãe e uma mais-valia para a vossa empresa.”

Por Joana de Sousa Costa

Artigo anterior

Óperas gratuitas em novo site da União Europeia

Próximo artigo

Inspire-se nos melhores casamentos da ficção