Home»GLAMOUR»BELEZA»Quatro dicas para manter o perfume mais tempo na pele

Quatro dicas para manter o perfume mais tempo na pele

Independentemente do tipo de perfume escolhido, é importante ter algumas considerações aquando da sua aplicação, por forma a que este dure o maior tempo possível no corpo.

Pinterest Google+
PUB

As fragâncias têm a capacidade de nos transportar a lugares do passado, recordações, emoções, sentimentos e pessoas graças à memória olfativa da qual dispomos.

 

Talvez por isso, o perfume é um dos cosméticos mais usados e apreciados, sendo capaz de refletir a nossa personalidade, identidade e até o estado de espírito no qual nos encontramos.

 

VEJA TAMBÉM: QUATRO MOTIVOS PARA CONFIAR NOS COSMÉTICOS QUE COMPRA

 

Existem diferentes tipo de perfumes de acordo com a concentração de essência usada:

  • Água de colónia. É o tipo de perfume menos concentrado, com cerca de 3% de essência. Este tipo de perfume é bastante leve e fresco e é o mais recomendado para pessoas sensíveis a fragrâncias intensas. Tem baixo poder de fixação.
  • Eau de toilette. O tipo de perfume mais usado. A concentração é mais elevada que nas colónias, mas ainda assim não costuma ultrapassar os 13% de essência.
  • Eau de parfum. É um dos tipos de perfume mais concentrados e intensos. Quando bem aplicado, pode durar até 10 horas na pele.
  • Extrato de perfume. O tipo mais concentrado de perfume. Pode chegar aos 40% de concentração de essência, e o aroma dura significativamente mais do que um eau de parfum. No entanto, este tipo de perfume é o mais propenso a provocar manchas na roupa e na pele durante o seu uso.

 

Independentemente do tipo de perfume escolhido, é importante ter algumas considerações aquando da sua aplicação, por forma a que este dure o maior tempo possível no corpo.

 

Quatro dicas para usar perfume

Não usar sempre o mesmo perfume

O uso prolongado da mesma fragância pode fazer com que percamos a sensibilidade olfativa quando o aroma se torna demasiado familiar para o nosso cérebro. Desta forma, temos a perceção de não sentir o perfume ou deixar de o sentir passado poucas horas da aplicação.

 

Tenha pelo menos três perfumes diferentes e varie o seu uso com frequência para sentir os seus aromas sempre com a mesma intensidade.

 

Ritual de aplicação

Para potenciar a aplicação e uso do perfume, é importante ter atenção às zonas onde o mesmo se aplica. O ideal é colocá-lo nas zonas quentes do corpo, como pulsos, atrás das orelhas, por baixo do peito, atrás dos joelhos e axilas. O perfume reage com o calor permitindo que as moléculas se expandam ao longo do dia.

 

Aplicar na roupa e cabelo, sim ou não?

A roupa e o cabelo podem ser uma zona extra de aplicação, no entanto, se deseja que o perfume dure, este deve ser aplicado também na pele.

 

Embora a roupa fixe bem os odores, existem determinados tecidos que podem alterar o aroma original do perfume. Além disso, é importante verificar que o perfume usado não provoca manchas, sendo especialmente suscetíveis as mesmas, as fibras naturais como a seda. A melhor zona para aplicação na roupa é a zona dos ombros.

 

Em relação ao cabelo, a aplicação deve ser restrita e cuidadosa devido ao elevado conteúdo em álcool dos perfumes. Idealmente, deve ser usado um perfume específico para cabelo. No entanto, se tal não for possível, pode aplicar o perfume na sua escova de cabelo e penteá-lo em seguida.

 

Compre um vaporizador de perfume recarregável

Se tem um tipo de pele seca, é possível que mesmo com as dicas referidas sinta que o perfume não dura o tempo desejado. Neste caso, pode ser necessário repetir a aplicação ao longo do dia.

 

Para isso, adquira um vaporizador recarregável, para levar o seu perfume consigo. Outra opção, é guardar as amostras oferecidas nas perfumarias para usar quando estiver fora de casa.

 

 

Artigo anterior

Portugal AVC distingue jornalistas por trabalhos sobre qualidade de vida depois de um AVC

Próximo artigo

Não bebe água suficiente? Então, estas dicas são para si