Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Quase 1000 atividades assinalam o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios

Quase 1000 atividades assinalam o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios

Assinala-se hoje, 18 de abril, e vai ser marcado com atividades em todo o país, com o objetivo de sensibilizar as comunidades para a valorização do património. O tema, este ano, é o turismo sustentável.

Pinterest Google+
PUB

A Direção-Geral do Património Cultural, coordenadora nacional do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios 2017, lança um convite a todo o país para participar no programa de atividades culturais a decorrer nesta data, assinalada a 18 de abril, que inclui quase 1000 iniciativas a decorrer um pouco por todo o país.

 

Alusivo este ano ao tema ‘Património Cultural e Turismo Sustentável’, o programa nacional conta com a participação de 670 entidades, distribuídas por 176 concelhos do Continente e dos Arquipélagos dos Açores e da Madeira, através da realização de cerca de 910 atividades dirigidas a diferentes públicos.

 

Veja também: Museu subaquático abre na Europa

 

Atividades como, por exemplo, visitas guiadas/percursos orientados, rotas patrimoniais/ itinerários culturais, oficinas pedagógicas/ workshops, exposições, conferências/seminários, espetáculos artísticos, etc.

 

No Porto, por exemplo, entre inúmeras atividades, uma delas será visitar a Torre dos Clérigos no dia 18 de abril. Já em Lisboa, os visitantes do Castelo de S. Jorge podem, no dia 22 de abril, assistir a uma prova de tiro com arco histórico. Em Setúbal, poderá participar num passeio pedestre guiado, a 22 de abril, que parte à descoberta de vários pontos, entre os quais o Convento da Arrábida. Veja aqui o programa em todo o país.

 

Veja também: Calçada portuguesa a património cultural imaterial da humanidade

 

O Dia Internacional dos Monumentos e Sítios (DIMS) foi criado pelo Conselho Internacional dos Monumentos e Sítios (ICOMOS) a 18 de abril de 1982, e aprovado pela UNESCO no ano seguinte, com o objetivo de sensibilizar os cidadãos para a diversidade e vulnerabilidade do património, bem como para a necessidade da sua proteção e valorização.

 

Artigo anterior

Um jantar mistério. Apenas para 12 comensais. Com vista para o Douro. Interessa-lhe?

Próximo artigo

Os alongamentos podem provocar dores nas costas?