Home»FOTOS»Quando a urina em excesso se torna um problema

Quando a urina em excesso se torna um problema

Se pretende compreender o motivo desse impulso constante, estas são algumas das razões que podem fazer com que tenha vontade de ir à casa de banho mais vezes.

Pinterest Google+

A quantidade de urina que produz varia conforme a sua dieta e estilo de vida. Geralmente é considerado um problema quando o fluxo interfere com a sua vida, impedindo-a de ter uma vida social e profissional dentro da normalidade.

 

Os órgãos responsáveis pela produção da urina são os rins que a drenam para dentro da bexiga. Quando urina, esta passa da bexiga através de uma abertura na parte inferior e flui para fora por um tubo designado uretra. Nas mulheres, a abertura uretral está localizada logo acima da vagina. Nos homens, a abertura uretral está na ponta do pénis.

 

Veja também: Bercina Candoso: «A incontinncia urinária continua a ser uma epidemia escondida»

 

À medida que a bexiga se enche, os sinais nervosos enviados ao cérebro acabam por desencadear a necessidade de urinar. Quando urinar, os sinais nervosos coordenam o relaxamento dos músculos do assoalho pélvico e os músculos da uretra. Os músculos da bexiga contraem e expulsam a urina. Em casos de bexiga hiperativa os músculos da bexiga começam a contrair involuntariamente, mesmo quando o volume de urina na bexiga é baixo. Esta contração involuntária cria a necessidade urgente de urinar.

 

Segundo a clinica Mayo, uma das unidades hospitalares mais conhecidas dos EUA, existem várias razões que podem levar a um aumento da micção. Veja na galeria acima algumas delas. De qualquer forma, se persistir, deverá prourar ajuda médica.

 

 

Artigo anterior

É possível haver sincronização de ciclos menstruais?

Próximo artigo

Quer um cérebro mais jovem? Coma mais beterraba