Home»FOTOS»Qual o biquíni e fato de banho ideal para cada tipo de corpo?

Qual o biquíni e fato de banho ideal para cada tipo de corpo?

Peito grande, peito pequeno, cintura vincada ou barriga proeminente… na hora de escolher o biquíni ou fato de banho para a praia, surgem as preocupações em saber qual o modelo ideal. A consultora de imagem, Ana Teresa Silvestre, explica tudo.

Pinterest Google+

Mesmo no areal, com pouca roupa e o corpo mais exposto, há formas de parecermos o nosso melhor e obter uma silhueta mais favorecedora que nos vai aumentar bastante os pontos de auto-confiança.

 

Para vos ajudar na difícil escolha do biquíni ou fato-de-banho ideais e mais adequados ao vosso corpo para ir a banhos, apresento-vos várias dicas para favorecer e equilibrar a silhueta de quem tem pernas mais curtas e de quem tem pernas mais longas; de quem tem a cintura pouco acentuada; de quem tem o traseiro maior e de quem o tem mais achatado; quem tem uma barriguinha mais proeminente; quem tem peito pequeno e para quem tem peito grande. Há solução para todos os casos!

 

Para quem tem as pernas mais curtas que o tronco e quer conseguir uma aparência de pernas mais longas na praia, deve:

 

– Escolher um fato-de-banho com a virilha mais alta que permite, assim, dar mais altura às pernas;

– Optar por cueca com laterais finas a mostrar mais pele, o que evita, assim, o efeito visual do corte na perna, potenciando o seu alongamento.

– A cueca de cintura subida também ajuda na ilusão de alongamento das pernas.

 

Veja também: Já pensou em calçar ‘verde’?

 

Para quem tem as pernas mais compridas que o tronco e quer, da mesma forma, equilibrar as proporções, deve:

 

– Optar por fatos-de-banho com tecido que cubra parte da anca, o que vai fazer um corte na perna e encurtá-la;

– Escolher biquínis de calção ou laterais da cueca largas que ao acabar mais em baixo na perna permitem a ilusão de menor comprimento;

– Cueca de biquíni com a cintura mais baixa também potencia um maior alongamento do tronco, com consequente menor altura para as pernas.

 

Para quem tem falta de cintura, as sugestões passam por criar a ilusão de uma ou, então, chamar a atenção para outra zona do corpo:

 

– Deve optar por usar fatos-de-banho que apresentem cortes na cintura proporcionados por diferenças de cores na horizontal, que criam, assim, a ilusão de uma cintura;

– Prefira riscas horizontais, cortes ou riscas diagonais e drapeados, já que ajudam a criar a ilusão de uma cintura acentuada;

– O triquíni, pelo formato que mostra as zonas da cintura com uma linha de tecido no centro, ajuda na criação de ilusão de cintura já que a atenção recai no centro do triquíni;

– Decotes pronunciados também fazem um bom efeito neste caso, já que o ponto de interesse é, justamente, o decote.

– No caso dos biquínis não há muito a fazer, obviamente, já que a zona da barriga está à mostra a revelar, assim, a cintura mais direita. Mas se usar uma parte de cima chamativa, com uma cor atraente, brilho ou motivos que captem o olhar, a atenção para a zona da cintura é desviada. E se usar uma cueca com laços ou volumes de lado vai criar uma sensação de existência de curvas.

 

Artigo anterior

O pic-nic chic está de volta ao Pestana Palace

Próximo artigo

Como ser boa na cama (segundo uma educadora sexual)