Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Publicidade acusada de humilhar o sexo feminino

Publicidade acusada de humilhar o sexo feminino

O ‘body shamming’ é uma realidade conhecida pelo público em geral. Desta vez, o caso passou-se em Londres, mas, até agora, a empresa responsável ainda não sofreu quaisquer consequências.

Pinterest Google+

O novo presidente da câmara de Londres, Sadiq Khan, pediu à rede de transportes da cidade para acabar com os anúncios publicitários que promovam expetativas irrealistas da imagem corporal e da saúde das mulheres.

 

O anúncio publicitário em questão, promovido pela ‘Transport for London’, é responsabilidade da marca de suplementos Protein World. Na fotografia da campanha, é exibido um corpo feminino magro de biquíni com a pergunta: «Are you beach body ready?» («Já tens um corpo de praia?», em português).

 

Veja a galeria: Truques para acelerar o metabolismo

 

Foi feita uma petição online para que a publicidade fosse removida e atualmente já conta com mais de 70 mil assinaturas. Apesar das queixas, a publicidade não foi proibida pela ‘Advertising Standards Authority’, entidade reguladora de publicidade britânica.

 

Num comunicado à imprensa, Khan declarou que «como pai de dois adolescentes», preocupa-lhe as consequências deste tipo de publicidade, e que «ninguém deve sentir pressão, enquanto viaja de metro ou de autocarro, com expetativas irreais sobre os seus corpos».

Artigo anterior

Ser 'instagramer' tem benefícios sociais

Próximo artigo

Rapaz transforma-se em personagens da Disney