Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Projeto ‘Wheels on Waves’ passa por Portugal para alertar para os direitos das pessoas com deficiência

Projeto ‘Wheels on Waves’ passa por Portugal para alertar para os direitos das pessoas com deficiência

Salvador Mendes de Almeida vai participar na etapa Portugal-Gibraltar, com partida de Portimão no próximo dia 13 de julho.

Pinterest Google+

Atracado em Portimão desde 25 de junho, o catamarã ‘Lo Spirito di Stella’ parte no próximo dia 13 de julho com destino a Gibraltar para mais uma etapa do projeto ‘Wheels on Waves’, que tem como objetivo levar a Convenção dos Direitos Humanos das pessoas com deficiência motora, entregue pela mão do secretário-geral António Guterres, até ao Papa Francisco, em Itália.

 

A bordo vai embarcar Salvador Mendes de Almeida, que vai participar na etapa Portugal-Gibraltar para lançar uma campanha solidária de apoio ao atleta Fernando Pinto. Há 17 anos, o atleta sofreu um acidente que o deixou paraplégico. Atualmente pratica vela adaptada. Porém, apesar de ter sido vice-campeão do mundo, não tem um barco adaptado ao seu corpo. Precisa de ajuda para conseguir adquirir um barco e representar Portugal no Europeu em França e no Mundial do Japão!

 

A etapa que Salvador Mendes de Almeida fará no catamarã tem 159 milhas e o valor necessário para apoiar o Fernando é de 7.641€. Para tal a Associação Salvador irá ‘vender’ milhas que representarão o valor necessário para apoiar o Fernando. Cada milha tem o valor de 48€ e poderão associar-se particulares, empresas, grupos de amigos, patrocinando meia milha, uma milha ou mesmo 5 e 10 milhas.

 

O projeto ‘Wheels on Waves’é italiano e levado a cabo pelo capitão Andrea Stella, velejador paraplégico que chefia o ‘‘Lo Spirito di Stella’, um catamarã completamente acessível para pessoas com deficiência motora. A viagem começou em Nova Iorque e só termina em Itália, mas pelo meio houve momentos de laços e ternura: Andrea Stella casou-se.

 

O projeto de cruzamento do Oceano Atlântico está desde o dia 25 de junho atracado em Portimão e a partida está prevista para o dia 13 de julho. Nesta paragem, várias pessoas com deficiência motora podem passar um dia diferente no mar e transmitir que de facto não há barreiras… «O que conta mesmo é a nossa vontade!», refere Salvador Mendes de Almeida. O principal foco de atenção é atravessar o oceano levando a mensagem de paz e respeito pelas pessoas com deficiência motora.

 

Vídeo com testemunhos da viagem (em inglês)

 


 

Artigo anterior

Depois do calçado mais sexy da Europa e do mais cool para as crianças… chegou a vez dos homens

Próximo artigo

Aqui pode literalmente dormir por baixo dos aviões