Home»GLAMOUR»MODA»Projeto pioneiro apoia empreendedores na área de ourivesaria em Gondomar

Projeto pioneiro apoia empreendedores na área de ourivesaria em Gondomar

Através desta oficina de ourivesaria partilhada, os empresários têm acesso a materiais e recursos essenciais para a sua atividade profissional de uma forma mais económica. O concelho de Gondomar tem é responsável por cerca de 80% da filigrana a nível nacional.

Pinterest Google+

Os profissionais da ourivesaria enfrentam custos na ordem dos 50 mil euros quando criam um negócio próprio– frequentemente associados à aquisição de materiais e ferramentas necessárias para o exercício da profissão. Para apoiar estes empresários na criação do seu próprio negócio, a ANJE – Associação Nacional de Jovens Empresários e a Câmara Municipal de Gondomar criaram um espaço de cowork pioneiro em Portugal que permitirá aos empreendedores acederem a esses recursos de forma partilhada, minimizando drasticamente os custos associados.

 

Integrado no Goldpark de Gondomar (centro de incubação e aceleração de empresas do município), estas oficinas de ourivesaria – que podem ser alugadas por 47,5€ /mês – oferecem aos empresários acesso a ferramentas essenciais para a sua nova atividade profissional (forjas, limas, serras, maçaricos, polidores), mas, também, facilidades em serviços complementares.

 

VEJA TAMBÉM: A ARTE DA FILIGRANA

 

Adaptando o espaço às suas necessidades, os novos empresários podem optar por ocupar o espaço a tempo inteiro ou por pequenos períodos de tempo. À semelhança daquilo que acontece em empresas incubadas na ANJE, os utilizadores deste espaço passam a ter acesso a serviços de apoio e orientação de negócio, facilitador de contactos, apoio na área financeira e de implementação do plano de negócio.

 

Além das ferramentas deste espaço especializado, a integração no centro de incubação oferece aos empresários que optem por ali se estabelecer uma série de vantagens de apoio ao negócio – networking, por exemplo – e uma maior proximidade de parceiros e fornecedores essenciais para o sector, dado que o concelho de Gondomar tem uma forte ligação à ourivesaria e é responsável por cerca de 80% da filigrana a nível nacional.

 

 

Artigo anterior

Cinco maratonas singulares por paisagens deslumbrantes

Próximo artigo

Um saltinho a Espanha: os sete destinos de excelência recomendados pela rede EDEN