Home»ATUALIDADE»ESPECIALISTAS»Produtos de antigamente que estão de regresso ao mercado sustentável

Produtos de antigamente que estão de regresso ao mercado sustentável

Sacos de pano, palhinhas de trigo… fique a conhecer vários produtos sustentáveis da altura nossos avós que estão de regresso ao mercado.

Pinterest Google+

Estamos a redescobrir produtos e hábitos de vida dos nossos pais e avós que foram caindo em desuso ao longo das gerações. O evoluir da ciência trouxe com ela novos hábitos e produtos mais descartáveis para o consumo. E, se na altura, os produtos eram usados por falta de conhecimentos tecnológicos, hoje, voltam em grande estilo como alternativas sustentáveis às que foram sendo desenvolvidas.

 

A verdade é que na altura dos nossos pais e avós havia muito menos desperdício e poluição. Afinal, sem se aperceberem, os antigos praticavam hábitos sustentáveis muito importantes. Hoje felizmente estamos a perceber isso e a dar valor ao regresso dos novos e antigos produtos. Veja de seguida.

 

Sabonetes

Há cada vez mais variedades de sabonetes a serem comercializados. E a grande inovação são os shampoos sólidos – sabonetes que lavam o cabelo. Assim, não há uso de plástico na embalagem e nem de substâncias nocivas ao couro cabeludo.

 

Sacos de pano

Na altura dos nossos avós era muito comum utilizarem-se sacos de pano para transportar o pão ou para ir às compras. E é como alternativa aos sacos de plástico que surgem novamente os sacos de pão. Portanto, adira já à moda sustentável e mantenha um na sua mala ou no seu carro.

 

Guardanapos, fraldas e pensos de pano

Já pensou na quantidade de guardanapos ou mesmo de fraldas e pensos higiénicos gastos durante um único mês? Multiplicando isto por milhões de pessoas são valores extremamente elevados. E é por isso que as alternativas em pano aparecem novamente no mercado.

 

Lâmina de barbear em metal

Provavelmente lembra-se destas lâminas de barbear em metal (cabo + lâmina). Para além destes aparelhos durarem uma vida, só precisa de trocar as finas lâminas metálicas. Se aderir a este velho produto, está a contribuir para a redução dos objetos descartáveis e ainda a poupar ao final do mês. Como sabemos, as laminas descartáveis são muito caras e acabam por provocar mais poluição.

 

Garrafas de vidro

As garrafas de vidro são reutilizáveis e voltam com muitas formas e feitios. O vidro é uma excelente alternativa ao plástico e, se tiver cuidado, duram uma vida. E outro bom exemplo disso são os recipientes de vidro para conservação dos alimentos. Embora as caixas de plástico durem mais algum tempo, estas acabam por contaminar os alimentos ao serem expostas a elevadas temperaturas.

 

Palhinhas de trigo

Para quem não sabe, as palhinhas de trigo eram muito utilizadas antigamente, e bem! Porque são 100% biodegradáveis, ou seja, não causam problemas ambientais. Hoje, verificamos que as palhinhas de plástico são um dos grandes flagelos da vida nos oceanos. E que existem centenas de campanhas ambientalistas para acabar com este tipo de produtos descartáveis. Esta realidade só vem comprovar que, mais uma vez, os antigos tinham hábitos de vida mesmo muito sustentáveis.

 

Artigo anterior

Os sete hábitos das pessoas verdadeiramente felizes

Próximo artigo

Cuidados a ter com a alimentação e hidratação no verão