Home»VIDA»CARREIRA»Produtividade em teletrabalho: encontre o equilíbrio

Produtividade em teletrabalho: encontre o equilíbrio

À primeira vista vemos imensas vantagens quando falamos de teletrabalho, e sem dúvida é um dos métodos de trabalho mais produtivo, mas é preciso encontrar o equilíbrio, o chamado work life balance.

Pinterest Google+
PUB

Um estudo recente indica que a produtividade dos profissionais em teletrabalho reflete-se nas seguintes características: «Uma maior flexibilidade nos horários de trabalho (58%), mais autonomia (54%) e trabalhar num ambiente mais confortável e relaxado (51%). Apenas 4% dos profissionais desejam voltar a trabalhar a tempo inteiro no escritório da empresa após pandemia». Ainda outras empresas têm visto os resultados dos seus colaboradores subirem exponencialmente, ao ponto de os recompensarem, por exemplo, financeiramente pelo seu mérito e resultados.

 

À primeira vista vemos imensas vantagens quando falamos de teletrabalho, e sem dúvida (falando por experiência própria) é um dos métodos de trabalho mais produtivo, mais cómodo e que permite uma melhor gestão work life balance.

 

Permite-nos gerir o descanso de outra forma, pois não necessitamos deslocar-nos ao escritório, há uma diminuição de custos no que toca aos gastos de deslocação (e sim, muito se tem falado em relação aos custos/gastos da internet, mas a internet tinha o mesmo custo antes da era Covid!), conseguimos ser muito mais produtivos porque não estamos constantemente expostos ao ruído de um open space onde aquele colega que fala alto sempre nos roubava a concentração (agora até já temos saudades)!

 

VEJA TAMBÉM: AFETOS NO TRABALHO EM TEMPOS DE PANDEMIA

 

Outra vantagem é podermos cozinhar e saber o que comemos e até conseguirmos fazer refeições mais saudáveis, evitando a cantina ou até o restaurante lá perto do escritório, onde às vezes nos perdíamos naquele “prato do dia” com a sobremesa incluída!

 

Ainda uma outra vantagem é o facto de terminarmos o dia de trabalho e podermos começar logo a realizar tarefas de casa e familiares.  Agora o grande desafio da produtividade no teletrabalho é a disciplina/foco. Sem isso, nada feito! Tudo o que é demasiado, enjoa.

 

Porque se formos produtivos ao extremo, passamos a ser adictos do trabalho e vivemos para ele de uma maneira desmedida, esquecendo a vida pessoal que tão necessária é para nos dar ferramentas para sermos melhores profissionais e pessoas.

 

Claro que o inverso também é possível, um desmazelo total a nível profissional e ficarmos só focados na vida pessoal porque estamos a trabalhar em nossa casa. O que seria fatídico e um desrespeito para connosco mesmos e com a entidade patronal.

 

VEJA TAMBÉM: PÓS-PANDEMIA: EMPRESAS E TRABALHADORES QUEREM MAIOR FLEXIBILIDADE NO TRABALHO

 

Por isso, deixamos aqui algumas dicas de como podemos encontrar este work life balance:

– Vista-se como se fosse ao escritório. Sim, tire as roupas do armário (agora com o covid saímos menos…) e vista a melhor saia, calça ou o melhor fato. Use também os seus sapatos, e esqueça as pantufas, sapatos diferentes todos os dias. Ah! Maquilhe-se, cuide-se e perfume-se.

 

– Faça pausas. Tomar um café sozinho, em família ou com um colega ainda que seja à distância. Se possível ir à varanda, à janela, ao terraço para nunca se esquecer de trabalhar a acuidade visual!

 

– Cumpra horários! Sim seja focado e disciplinado. Entre à hora que costumava entrar no escritório e saia à hora que costumava sair. Claro, se é necessário dar um pouco mais de si, faça-o, mas equilíbrio, é o elemento chave do sucesso.

 

VEJA TAMBÉM: DICAS DE MAQUILHAGEM PARA UMA VIDEOCONFERÊNCIA

 

– Se tinha maus hábitos em relação aos horários, ou seja, nunca havia horas para entrar e sair, faça desta experiência um caminho de autoconhecimento e autodisciplina, redescubra-se.

 

– Esteja num espaço confortável. Pode ser pequeno, com poucos recursos ou até limitado, mas com criatividade e boa vontade tudo é possível. Coloque na parede em frente à secretaria ou até mesmo numa moldura uma frase motivacional que esteja conectada com os seus valores. Quando se sentir a perder o foco, olhe para ela.

 

–  Cumpra as metas a que se propôs. Parece que à distância não há evolução profissional ou não há novas perspetivas de carreira. Desengane-se! Arrisque e mostre novas propostas às suas chefias, apresente novas ideias, isso vai ser sem dúvida valorizado.

 

‘Nada é impossível para aquele que persiste’ – Alexandre, o Grande

 

 

Artigo anterior

Porto vai ter museu dedicado à moda e aos têxteis

Próximo artigo

Programa psicoterapêutico desenvolvido na Universidade de Coimbra reduz o sofrimento de mulheres com cancro da mama