Home»BEM-ESTAR»COMPORTAMENTO»Preserve a sua autoestima e o seu autorretrato em 12 passos

Preserve a sua autoestima e o seu autorretrato em 12 passos

Atualmente, a maior parte das pessoas busca por algo que as faça notar-se exteriormente: uma boa aparência associada ao sucesso social. No entanto, na maior parte das vezes, essa imagem é falsa, porque interiormente o seu metabolismo fisiológico e anatómico está em desarmonia e depressa o conceito de vida perfeita se desmorona num mar depressivo, que as arrasta para o declínio total.

Pinterest Google+
PUB

Hoje muitos os orientadores criaram conceitos de autoajuda onde ensinam o caminho do bem-estar. Estes cursos, palestras e workshops, focam-se na maior parte das vezes no sucesso empresarial, financeiro, profissional, familiar, mas poucos se focam no encontro com o “Eu Interior”, naquele equilíbrio que unifica o corpo físico com o corpo emocional e espiritual.

 

É importante definir e explicar que o equilíbrio total começa por ter um corpo onde a vitalidade permanece e perdura ao encontro de sentimentos positivos. Para isso, temos de cuidar do corpo como sendo um verdadeiro santuário repleto de tesouros valiosos.

 

Como fazer então para encontrar esse equilíbrio onde o amor próprio se concilia com o verdadeiro autorretrato? Bastam pequenos passos diários e semanais, coisas simples e que consomem pouco tempo. Basta apenas usar cinco minutos de cada vez dedicados a si, como se mais ninguém ao seu redor existisse.

 

VEJA TAMBÉM: APRENDA A AUMENTAR A AUTOESTIMA

 

1 – Ao acordar, espreguice os braços e pernas, inspirando e expirando dez vezes. Estará a acionar o seu comando de oxigénio, a estimular o peristaltismo intestinal e o sistema nervoso entérico e a permitir que o sistema cardiovascular seja acordado para que possa levantar-se e começar o seu dia com mais energia mental e circulatória.

 

2 – Após o almoço, que deve ser feito de preferência sentado, inspire e expire profundamente cinco vezes e se possível sente-se de forma confortável, feche os olhos durante cinco minutos, eliminando qualquer pensamento. Fixe-se mentalmente apenas num ponto branco de luz. Com a polpa dos dedos estimule a glândula timo, dando pequenas batidas, cerca de dez vezes.

 

3 – Esta glândula é a sua “Fenix,” onde se dá o encontro entre a alma, o corpo e o espírito. É também onde se produzem os linfócitos T que controlam a sua imunidade.

 

4 – Ao chegar a casa no fim do dia, independente do horário, relaxe durante cinco minutos, deitando-se no sofá ou na cama com as pernas mais elevadas e, em simultâneo, coma um quadrado de cacau 70%, sentindo a sua textura no céu da boca, deixando-o derreter-se suavemente. Depois, tome um copo de água bebendo-o devagar, sentindo o néctar da vida…

 

VEJA TAMBÉM: O QUE É UMA PESSOA RESILIENTE?

 

5 – Ao sábado, a sós ou em companhia, escolha 1 hora para poder fazer algo que lhe dê prazer.

 

6 – Ao domingo, pela manhã, deixe-se ficar um pouco mais na cama a sentir o poder da preguiça e do descanso. Dedique uma parte da sua manhã,  cerca de 1 hora, a mimar o seu corpo, com um banho, uma esfoliação, seguida de hidratação de todo o corpo e rosto.

 

7 – Semana a semana vai dar-se conta das transformações em si, pois estará com mais energia, mais animação e melhor emoção. Faça ainda um encontro com o mar, na perfeita simbiose entre o hidrogénio marinho e o oxigénio do corpo.

 

8 – A cada 15 dias, escolha um horário para cuidar da imagem exterior, cabelo e unhas.

 

9 – Uma vez por mês, procure um profissional de massagem e mime o seu corpo com uma drenagem linfática manual durante cerca de 50 minutos.

 

VEJA TAMBÉM: SETE REGRAS BÁSICAS PARA SER FELIZ E SAUDÁVEL

 

10 – Uma vez a cada três meses, faça uma avaliação do seu bem-estar e procure um profissional de saúde alimentar, que o ajude a estar em perfeito equilíbrio de nutrientes, adequando o seu corpo ao consumo dos alimentos próprios para cada ciclo de estação.

 

11 – Uma vez a cada seis meses, vá consultar-se com um bom osteopata, o seu esqueleto precisa de mimos e de cuidados de boa postura, para que os músculos e tendões, bem como todo o sistema cardiovascular não sofra com alterações de compressão.

 

12 – Uma vez por ano, escolha um profissional de fotografia, que esteja associado a uma boa equipa de imagem, e faça uma sessão, com fotos livres, outras de conceito profissional e familiares. Este processo é importante para se auto recriar e olhar para si com mais confiança ao ver-se identificado numa imagem de boa qualidade.

 

 

 

 

Artigo anterior

Estudo inédito mostra ligação entre dieta não saudável e sintomas de depressão em jovens

Próximo artigo

Comer carne: sim ou não?