Home»FOTOS»Pratos de Natal: roteiro gastronómico por Portugal

Pratos de Natal: roteiro gastronómico por Portugal

Entre bacalhau, cabrito ou filhós, dependendo da região, são muitas as iguarias que fazem as delícias dos portugueses nesta quadra natalícia. Embarque num verdadeiro roteiro gastronómico e descubra os pratos típicos do Natal de cada região de Portugal.

Pinterest Google+
PUB

Minho

Na região mais a Norte do país, o bacalhau com todos, um prato bem português, e o polvo cozido, acompanhado por fatias de pão fritas ou torradas, fazem parte do menu da consoada. No almoço de Natal, o bacalhau volta a fazer parte da ementa dos minhotos, desta vez em forma de roupa velha, juntamente com o peru recheado e o cabrito assado.

 

Para sobremesa, os habitantes não dispensam as rabanadas com calda de açúcar ou doce de ovos, os sonhos, a aletria e os frutos secos.

 

Beira

Na Beira Litoral e Interior as tradições gastronómicas para o prato principal são semelhantes. Já no que toca a sobremesas, o litoral e o interior têm gostos diferentes. No litoral, a mesa é composta por tigeladas, as papas de carolo – um género de arroz doce – e as filhós de joelho, que são estendidas em cima do joelho, previamente revestido com um pano de linho.

 

No interior, não podem faltar os sonhos, o bolo rei, as rabanadas, os frutos secos e os ovos moles de Aveiro.

 

VEJA TAMBÉM: CONHECE A HISTÓRIA DOS PRATOS TÍPICOS DE NATAL?

 

Alentejo

Os alentejanos optam por deliciar-se com o peixe na consoada e com a carne no almoço de Natal. Depois de um bom bacalhau cozido, de um galo assado ou de carne de porco com ameijoas, gostam de adoçar a boca com filhoses, azevias de grão, coscorões, encharcadas, semelhante ao leite creme e bolo podre, um bolo de mel e azeite, típico do Alentejo.

 

Algarve

No Algarve, as sobremesas passam pelas filhoses, a tarte de amêndoa, a empanadilha, com recheio de batata doce, as rabanadas e o leite creme. O bacalhau, apesar de já começar a ser consumido, não é ainda presença obrigatória na consoada e no almoço de Natal dos algarvios, ao contrário do galo assado e do peru recheado.

 

Madeira

Rumo aos arquipélagos, na Madeira a alegria é semelhante, mas a ementa é outra. O bacalhau é substituído pela canja de galinha e pela carne de vinha-d’alhos, prato típico da região, elaborado com carne de porco e pão frito. Nas sobremesas, o bolo rei é trocado pelo bolo de mel, confecionado cerca de duas semanas antes da consoada para ficar bem ao gosto madeirense.

 

Açores

No Mercado da Graça, inspire-se para a confeção das iguarias que fazem parte da ceia de Natal açoriana, como a galinha no forno, a carne assada, o polvo à moda do Faial, o bolo de noz e o arroz doce. Fonte: momondo

 

 

Artigo anterior

Natal: decorar a mesa da Consoada

Próximo artigo

Libélulas ameaçadas com o desaparecimento acelerado dos pântanos