Home»FOTOS»Pratos de Natal: roteiro gastronómico por Portugal

Pratos de Natal: roteiro gastronómico por Portugal

Entre bacalhau, cabrito ou filhós, dependendo da região, são muitas as iguarias que fazem as delícias dos portugueses nesta quadra natalícia. Embarque num verdadeiro roteiro gastronómico e descubra os pratos típicos do Natal de cada região de Portugal, numa seleção feita pela plataforma momondo.

Pinterest Google+

Minho

Na região mais a Norte do país, o bacalhau com todos, um prato bem português, e o polvo cozido, acompanhado por fatias de pão fritas ou torradas, fazem parte do menu da consoada. No almoço de Natal, o bacalhau volta a fazer parte da ementa dos minhotos, desta vez em forma de roupa velha, juntamente com o peru recheado e o cabrito assado. Para sobremesa, os habitantes não dispensam as rabanadas com calda de açúcar ou doce de ovos, os sonhos, a aletria e os frutos secos. Além da gastronomia, Viana do Castelo e Braga são invadidas por workshops, paradas de Natal, teatros, circos, cinema e exposições para um Natal especial.

 

Beira

Na Beira Litoral e Interior as tradições gastronómicas para o prato principal são semelhantes. Já no que toca a sobremesas, o litoral e o interior têm gostos diferentes. No litoral, a mesa é composta por tigeladas, as papas de carolo – um género de arroz doce – e as filhós de joelho, que são estendidas em cima do joelho, previamente revestido com um pano de linho. No interior, não podem faltar os sonhos, o bolo rei, as rabanadas, os frutos secos e os ovos moles de Aveiro. Se a Beira for o seu destino de Natal, aproveite para passear pelas ruas iluminadas de Aveiro, Coimbra ou Castelo Branco, fazer as últimas compras nas feiras de artesanato e admirar as grandes árvores de Natal e os presépios que decoram alguns pontos destas cidades.

 

VEJA TAMBÉM: CONHECE A HISTÓRIA DOS PRATOS TÍPICOS DE NATAL?

 

Alentejo

Os alentejanos optam por deliciar-se com o peixe na consoada e com a carne no almoço de Natal. Depois de um bom bacalhau cozido, de um galo assado ou de carne de porco com ameijoas, gostam de adoçar a boca com filhoses, azevias de grão, coscorões, encharcadas, semelhante ao leite creme e bolo podre, um bolo de mel e azeite, típico do Alentejo. Já no final da refeição há dois tipos de alentejanos: os que ouvem os cânticos alentejanos e admiram as luzes de Natal de café na mão e os que o fazem na companhia de um saboroso chocolate quente.

 

Algarve

No Algarve, as sobremesas passam pelas filhoses, a tarte de amêndoa, a empanadilha, com recheio de batata doce, as rabanadas e o leite creme. O bacalhau, apesar de já começar a ser consumido, não é ainda presença obrigatória na consoada e no almoço de Natal dos algarvios, ao contrário do galo assado e do peru recheado. No que diz respeito às atividades natalícias, Loulé, Faro, Portimão e muitas outras cidades do sul do país vão oferecer animação aos visitantes, como pistas de gelo, feiras e mercados natalícios, peças de teatro, desfile do Pai Natal, as Janeiras, e muito mais.

 

VEJA TAMBÉM: A GUERRA DAS CALORIAS NATALÍCIAS. QUEM VENCE NESTAS 10 BATALHAS?

 

Madeira

Rumo aos arquipélagos, na Madeira a alegria é semelhante, mas a ementa é outra. O bacalhau é substituído pela canja de galinha e pela carne de vinha-d’alhos, prato típico da região, elaborado com carne de porco e pão frito. Nas sobremesas, o bolo rei é trocado pelo bolo de mel, confecionado cerca de duas semanas antes da consoada para ficar bem ao gosto madeirense.

Atividades não faltam para passar um Natal inesquecível na pérola do Atlântico. As iluminações e as canções de Natal no Funchal enchem as ruas, as igrejas abrem as suas portas para celebrar as tradicionais missas religiosas e até corridas são organizadas para satisfazer todos os desejos natalícios. Já no dia 31 de dezembro, todos os olhos devem estar postos no céu para contemplar um dos mais afamados e coloridos espetáculo de fogo-de-artifício de Portugal.

 

Açores

Animações de rua, cânticos, atuações infantis e concertos são algumas das atividades de Natal a que terá a oportunidade de assistir na Praça do Município, na Rua dos Mercadores e noutros locais em Ponta Delgada. Na manhã da consoada, visite o Mercado da Graça e inspire-se para a confeção das iguarias que fazem parte da ceia de Natal açoriana, como a galinha no forno, a carne assada, o polvo à moda do Faial, o bolo de noz e o arroz doce. Para acompanhar, não pode deixar de provar os inúmeros licores artesanais de vinho, leite e frutas da região que os locais preparam nas suas próprias casas para contentamento de todos.

 

 

Artigo anterior

Estudo: 80% das pessoas mentem ao médico

Próximo artigo

As razões menos óbvias para o fim de uma relação