Home»LAZER»DICAS & VIAGENS»Praias fluviais a visitar de norte a sul de Portugal

Praias fluviais a visitar de norte a sul de Portugal

Há cada vez mais procura por praias fluviais como substituto da praia tradicional. Neste artigo, damos-lhe uma lista de algumas das praias mais bonitas que pode visitar. De norte a sul de Portugal, selecionámos doze onde pode por os seus pés de molho neste verão.

Pinterest Google+

Com o verão surge a vontade de ir a banhos, seja numa praia, num rio ou numa praia fluvial. Nos últimos anos, as praias fluviais têm ganhado imensa popularidade devido à tranquilidade que proporcionam, visto enquadrarem-se entre espaços verdes, com muita segurança, onde pode deixar o seu filho brincar à vontade e aproveitar uns dias para recuperar energias antes de voltar ao ativo.

 

Muitas são as que existem espalhadas de norte a sul do país, com diferentes características e infraestruturas. Conheça neste artigo algumas das que destacamos em Portugal Continental.

 

Praia Fluvial de Burgães (Vale de Cambra, Aveiro)

O Rio Caima é o “mar” desta praia situada no concelho de Vale de Cambra, e é uma opção para quem procura um local tranquilo, onde possa conviver também com a natureza. Constituído por um posto de primeiros socorros e contando com a vigilância de nadadores salvadores, aqui os mais jovens podem usufruir de diversas atividades que são desenvolvidas durante a época balnear. Parede de escalada, um touro mecânico, um skate park e a descida em slide a praia são algumas dessas diversões.

 

Para além disso, existe um snack bar com esplanada onde pode fazer refeições ou tomar uma bebida. Tem ainda um espaço para os mais pequenos, um parque infantil, para que também estes tenham um espaço dedicado exclusivamente a eles. Com um grande relvado e um extenso areal pode fazer piqueniques em família ou com amigos e até fazer jogos de equipa, como futebol de praia, voleibol, etc.

 

VEJA TAMBÉM: PRAIAS PORTUGUESAS A NÃO PERDER NESTE VERÃO

 

Praia Fluvial da Cascata da Cabreia (Sever do Vouga, Aveiro)

A Cascata da Cabreira é uma das muitas quedas de água que existem no país. Contudo, esta é – seguramente – uma das mais altas de todas. Com 25 metros de altura, situa-se no Sever do Vouga, e “é alimentada” pelo Rio Mau.

 

Embrulhada numa paisagem de uma vasta vegetação, a Cascata da Cabreia promete momentos de verdadeira tranquilidade, onde a biodiversidade, através das espécies autóctones, torna o local ainda mais mágico.

 

Poço Azul (Sabrosa, Braga)

A Serra do Geres tem locais onde é possível observar a natureza em todo o seu esplendor, nomeadamente na aldeia de Sabrosa, local que acolhe o Poço Azul. Afluente do rio Vouga, a ribeira da Landeira é a que banha este poço de uma transparência azulada. Ainda que a água seja fria, parece impossível não dar um mergulho rodeado pela paisagem bruta envolvente. É na queda de água o local ideal para esses mergulhos, sítio no qual se forma uma espécie de piscina.

 

Apesar de ser bastante procurado, o Poço Azul é ainda “uma das pérolas do Geres” devido à dificuldade do seu acesso – só é possível através de trilhos de aproximadamente 8 quilómetros. É certo que é difícil lá chegar, mas o silêncio e a harmonia com a natureza transmitem uma paz que, se for um dos sortudos a encontrar este local perdido algures na serra, uma coisa é certa – não vai querer sair de lá! Respire fundo e atreva-se a mergulhar no poço, deixando-se envolver pela magia envolvente!

 

VEJA TAMBÉM: ROTA DAS CAMÉLIAS: À DESCOBERTA DESTAS FLORES ORIENTAIS NO NORTE DE PORTUGAL

 

Albufeira do Azibo (Macedo de Cavaleiros)

No concelho de Macedo de Cavaleiros, podemos encontrar Albufeira do Azibo, caracterizada pela vasta diversidade de fauna e flora que acolhem duas praias fluviais – a Praia Fluvial da Ribeira e a Praia Fluvial da Fraga da Pegada.

 

A Praia Fluvial da Ribeira foi, em 2012, eleita uma das 7 Maravilhas – Praias de Portugal. Em harmonia com a natureza que a envolvente esta praia foi galardoada com Qualidade de Ouro pela Quercus. Premiada ainda com Bandeira Azul, disponibiliza fácil acesso a pessoas com mobilidade reduzida, e diversas atividades, como aqua park, kart bike, vela, windsurf, remo e canoagem. Além dos desportos aquáticos referidos, pode ainda explorar a natureza e a biodiversidade fazendo ciclismo ou percorrendo os trilhos da zona. Já a Praia Fluvial da Fraga da Pegada tem uma piscina flutuante e foi considerada a Praia Fluvial da Europa com mais Bandeiras Azuis concedidas.

Artigo anterior

Dez petiscos portugueses: adivinha qual é o menos calórico?

Próximo artigo

Férias: kit de sobrevivência